Passos Coelho comenta as medidas do governo

Vale a pena ler a mensagem que o Pedro deixou no facebook. Tanta vacuidade faz com que seja um fortíssimo candidato a Belém. Os erros de português são da responsabilidade do autor do texto.

Amigos,

Fiz um dos discursos mais ingratos que um Primeiro-Ministro pode fazer – informar os Portugueses, que têm enfrentado com tanta coragem e responsabilidade este período tão dificil da nossa história, que os sacrificios ainda não terminaram.

Não era o que gostaria de poder vos dizer, e sei que não era o que gostariam de ouvir.

O nosso país é hoje um exemplo de determinação e força, e esse é o resultado directo dos sacrifícios que todos temos feito. Porém, para muitos Portugueses, em particular os mais jovens, essa recuperação não tem gerado aquilo que mais precisam neste momento: um emprego. Quem está nessa situação sabe bem que este é mais do que um problema financeiro – é um drama pessoal e familiar, e as medidas que anunciei ontem representam um passo necessário e incontornável no caminho de uma solução real e duradoura.

Vejo todos os dias o quanto já estamos a trabalhar para corrigir os erros do passado, e a frustração de não poder poupar-nos a estes sacrifícios é apenas suplantada pelo orgulho que sinto em ver, uma vez mais, do que são feitos os Portugueses.

Queria escrever-vos hoje, nesta página pessoal, não como Primeiro-Ministro mas como cidadão e como pai, para vos dizer apenas isto: esta história não acaba assim. Não baixaremos os braços até o trabalho estar feito, e nunca esqueceremos que os nossos filhos nos estão a ver, e que é por eles e para eles que continuaremos, hoje, amanhã e enquanto for necessário, a sacrificar tanto para recuperar um Portugal onde eles não precisarão de o fazer.

Obrigado a todos.

Pedro

Comments

  1. João Paz says:

    Cinismo! É essa a única palavra a utilizar.

  2. Pois says:

    Amanhã farei uma tatuagem com a inscrição destas palavras “Não era o que gostaria de poder vos dizer, e sei que não era o que gostariam de ouvir.”

  3. maria celeste ramos says:

    Desculpe João Paz mas cinismo não chega – estive como habitualmente numa esplanada da rua com uma amiga prorfª de história que se fartou e reformou e é perita em adjectivos qualificativos sem precisar, como eu por vezes, de usar palavrões que digo e me incomodam a mim mesma, mas tenho de zelar pelo meu fígado e não o fazer acumular poluição – ai de repente esqueci – ela diz que ele é assim e planeia a maldade – é intencional – sabe o que está a fazer para alimentar os ladrões dos amigos deles e fazer carreira para ir juntar-se a Durão e Constâncio – dantes os políticos íam para gestores de empresas – hoje, depois de 1986, sobem mais um patamar – o Parlamento que por acaso, o de cá, só tem ADVOGADOS essencialmente, é também indicador de que tem “vocação política” , a mesma profissão de quem arrazou a Várzea Fresca dos sobreiros para fazer golfs – não sei quê Guedes + o ministro do Turismo da altura que fizeram esta pulhice no dia antes do PS tomar posse (e por mim o diabo que escolha) – eu nunca consegui ter ódio por nada nem ninguém porque não cabe dentro de mim embora seja magra – mas se tivesse sabia a quem o dedicar – mas tem demência – tem malvadez e depois o atrevimento de escrever este mail que o aventar me enviou hoje – a máfia não faria melhor e há muita forma de matar a vida e a alegria e a esperança – nunca no país houve tanto suicídio (diário) (suicídio que o PSD provocou na dácada de 80 também) e nem tanta emigração excepto nos anos 60 com outra vaga de emigração curiosamente quando Cavaco Sila era 1º ministro na década de 80 – até Adriano Moreira falou ontem contra o seu partido – até Capucho fala contra o seu partido – a europa vira para as marineLepen – a ausria teve aqule 1º ministro tão engraçado + a Holanda ++ etc – a Europa corrompeu-se TODA e àfrica imita nos seus governantes – até hoje aquele senhor vesgo eis ministro (católico) Bagão Feliz disse coisas em desabono do que este governo faz – não será suficiente para os amigos de Passos Coelho a opinião pública de tanto ministro do PSD ?? – na SIC (21:20- 9 set) alguém diz que tem mêdo do futuro – eu nem falo no futuro dos mais desgraçados falo do futuro como país – querem dar isto a espanha e voltar à Ibéria ?? pobre mas feliz diz outra velhotinha na SIC – o Dr Seguro não é “ninguém” na minha opinião – mas quem é quem deste governo onde se acaba com a saúde e ensino e dá FOME e FOGO pelo desmazêlo e total indiferença pela mata e os animais e rebanhos, terra agrícola e paisagens (Tua com betão e barragens) – mas quem são estes retornados que deviam ser acusados de destruição da economia de um país tão velho que já ultrapassou tanta DÔR ??? Não se criou um tribubal de Nuremberga para quê ?? E um tribunal de má gestão dos bens e pessoas de cada país da UNIÃO que sóserve para encher o bandulho (bandulho não é palavrão – os bovinos têm pança, bandulho, folhoso e ?? esqueci a 4ª parte do estõmago dos bovinos)
    Além disso este 1º ministro não escreve PORTUGUÊS – a sintaxe é incorrecta – barrão (termo de saloio no ribatejo com sentido perjorativo) que “eleva o país à escala do Bangladesh” – são filhos de mafiosos ou inauguram a nova geração de políticos ??? Com que dinheiro fazem os plíticos os seus congressos ?? não têm vergonha nem a escondem ?? tenho de pagar os banquetes destes senhores incapazes, incompetentes, ignorantes e maldosos e descarados e atrevidos – TVi24H-21:35 – o parvalhão de Marcelo está a dar bocas – o país precisa de mais do que a comunicação e que o PR tem papel impotante nas próximas semanas e que o tribunal se pronunciará – e lá fala em cumprir as metas – Marcelo está senil ?? e a Judite parece enfermeira de brancura – mas eu pago os congressos onde vou e os ministros não pagam nada – é só bife do lombo ?? Fiquei gélido com o 1º ministro de andar à volta de não explicar nada – tenho mêdo que as pessoas digam que como o que encontrei hoje, “vou pra inglaterra” – perguntas das pessoas – quem é PONTE ?? competente e fará o que o governo mandar diz marcelo – não quero ouvir mais quem sabe tudo – Reitor de um dos maiores centros não precisa de ser ministro – tem formação moral a toda a prova – Criar Cidade de Futebol do Jamor é uma brincadeira (mas o gajo fala em custo mas não nas razões ecológicas digo eu) – utilizar veiculos de serviço sem serviço não – pois eu acho que se tenho de pagar tops de gama vivo no país mais miserável do mundo de gente miserável sem vergonha – sem honra – Cª papel do Pardo fez 200 anos – Teatro de Tomar e as reliquias de São João Bosco que criou os Salesianos + um Frederico Silva campeão de pares de ténis de um dos maiores campeonatos do mundo e NOITE de FADOS em Olivença grande passo de bom relacionamento – BOA – amanhã Judite com entrevista ao ministro da Educação (vamos ver se não esqueço)

  4. Salete Silva says:

    A primeira coisa que me ocorreu quando li “não como Primeiro-Ministro mas como cidadão e como pai,…” foi pensar em que agrupamento de escolas estará inscrita a filha mais nova, ou se ele terá recorrido ao banco de livros escolares lá da freguesia de Massamá. Ou se ele explicará à criança o verdadeiro significado da palavra sacrifício. E se como cidadão se sentiu obrigado a trocar o o bife do lombo pelas asas de perú. Felizmente ocorre-me mais vezes desde sexta-feira que talvez tenha sido premonitório, o tal que hoje nos trata por amigos, ter ido ouvir “E depois do Adeus” depois de nos ter assaltado à mão armada .

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.