Pedro Passos Coelho, o «best of» um ano depois


Há cerca de um ano, compilei cerca de 10 minutos de mentiras de Pedro Passos Coelho enquanto líder do PSD na Oposição. Um ano depois, este filme – que já foi visualizado quase 250 mil vezes e conta com mais de 500 comentários – continua extremamente actual. Infelizmente, o primeiro-ministro não pára de nos surpreender (ou não), sendo que acredito que não vai ficar por aqui. Enquanto o deixarem, ele vai continuar.
Para recordar, o «best of» de Pedro Passos Coelho…

Comments


  1. é espantoso como há pessoas que consideram este homem uma “pessoa séria”. Poucos politicos terão mentido tanto aos portugueses. Esta tolerância doente às mentiras políticas é sem dúvida uma das características do atraso nosso país


  2. Devia existir um mecanismo constitucional que permitisse a impugnação de um governo que aplicasse medidas totalmente em sentido contrário e em contradição com o que foi apregoado e prometido antes das eleições.
    Já nem faço considerações sobre o sentido ético e o carácter da personagem.

  3. metalurge says:

    Não sei o porquê de tanta admiração.
    Depois do 25 de Abril tivemos tudo para ser um grande país, mas ficámos com um bando de corruptos, chulos, mentirosos, etc.
    Ao longo destes anos vimos de tudo, mas não fizemos nada. Continuamos com uma AR que só serve para as negociatas dos partidos, maçonarias, etc. Toda a gente sabe e continuamos a baixar as calças.


  4. Como as pessoas mudam..ou como as duas caras são evidentes…MEMÓRIA TÃO CURTA….PARTILHEM E MUITO….
    Passos Coelho pede descida urgente do imposto sobre os combustíveis
    Publicado a 25 MAI 08 às 14:22
    Passos Coelho apelou, este domingo, ao Governo para que desça urgentemente o imposto sobre os combustíveis, a fim de evitar um «colapso económico». O candidato a líder do PSD considerou fraco o argumento utilizado por Sócrates para não o diminuir.

    Passos Coelho defende uma descida urgente do ISP para evitar um «colapso económico»
    Passos Coelho diz que o argumento de Sócrates é «limitado»

    Pedro Passos Coelho apelou, este domingo, ao Governo para que desça urgentemente o Imposto sobre os Produtos Petrolíferos (ISP), considerando que essa medida é decisiva para evitar um «colapso económico».
    Evitando quantificar o valor da descida dos ISP por não ter os dados exactos que o Executivo dispõe, o candidato à liderança do PSD disse que «o Governo já está a arrecadar menos receita fiscal do que aquela que era devida, em razão do consumo» de combustíveis «ter baixado drasticamente por causa do preço».
    O social-democrata alertou que se o Governo mantiver a «taxa marginal de imposto demasiado elevada vai provocar uma diminuição da actividade económica, que seria contrariada se a taxa do imposto não fosse tão elevada».http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=920922

  5. Penso Logo Desisto says:

    Até dá vómitos e eu não votei nele!

  6. maria gomes says:

    Não votei nele mas com pena minha tenho que o gramar, as medidas feitas por este sr. deviam ser só para os que o lá puseram.

  7. lucina anjos says:

    Estou completamente de acordo…… deviam ser os que votaram neste incompetente, a sofrer as medidas de austeridade.
    A falta de cidadania dos portugueses deu.nos políticos corruptos, vigaristas e altamente incompetentes e o povo sofre a não ser que se lhes de o destino que o marques de Pombal deu aos Jesuítas ou a sorte que teve o último monarca português, talvez fosse a maneira dos políticos serem menos vigaristas terem medo……

  8. Mario Rietsch says:

    demagogia feita à maneira

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.