Desencontros

Quando se desce ao nível de ir buscar uma troca de mails em Fevereiro de 2011 para tentar negar outra de Julho de 2011 e se afirma que “isto é tudo porque convidei o João Paulo e não a ti“, entramos numa fase de delírio narcísico que me ultrapassa. Uma coisa é o reconhecimento do valor que o Paulo Guinote tem, e que sublinho, outra o delírio de pensar que a humanidade docente nos tem por epicentro.

Mas tenho de admitir um equívoco da minha parte: localizações para encontros de professores em Setúbal e nas Caldas da Rainha respeitam a outra coisa que não um encontro nacional, a menos que a minha geografia ande desactualizada. A presunção de que o resto é paisagem é um clássico, e em muitos blogues um vício. Divirtam-se.

Comments


  1. João,
    Tu não estás mesmo bom. A troca de mails de Fevereiro de 2011 é com um amigo meu e teu colega de federação sindical e não com quem pensas.
    Em Julho de 2011 não houve qualquer troca de mails.
    Acho que precisas, urgentemente, de dormir melhor. As vigílias tiraram-te completamente o discernimento.

    Já sei, o epicentro em coimbra e qualquer encontro de bloggers teria de ser ao pé da tua casa.

    Já sei, o narcísico sou eu e os encontros a que tenho ido são quase sempre a centenas de quilómetros da minha.

    Nada como uima vigiliazinha ao pé da porta, certo?

    Não tenhop paciência para mais destas parvoíces.
    Não tens argumentos, não precisas replicar.


    • A ver se nos entendemos Paulo, eu não quero organizar encontro nenhum, tenho bastante com que me entreter aqui e com os meus 200 alunos, fora um bocado de vida própria que ainda tenho. Muito simplesmente pediram-me ajuda, aceitei, e os factos que se sucederam irritaram-me porque revelam desprezo por uma terceira pessoa, que tem os seus defeitos, como quem já me chateie bastas vezes, mas também por isso mesmo não deixa de ser minha amiga.
      Nem quero seja lá o que for à minha porta: estou a 2 horas de Lx, o mesmo não se pode dizer de quem esteja no Porto e em Braga, que são as 2ª e 3ª cidades do país em número de habitantes e provavelmente de professores. A vantagem de viver Coimbra é também essa: vamos para qualquer sítio entre Évora e Viana do Castelo num instantinho.
      E já agora, nos últimos anos fui a uma vigília, que promovi muito contra vontade (detesto vigílias) porque o comité central do BE assim mo ordenou, e embora já não milite por esses lados, ou por outros, desde 2005, sou muito obediente aos comités centrais, nasci para ser rebanho, é da minha natureza.
      É certo que não tenho feito zapping quando algumas coisas realmente importantes acontecem mas apenas porque o comando está avariado, o sofá foi para arranjar, e certas coisas, como as que fazem história, prefiro vê-las ao vivo.
      Posto isto, e passando a algo realmente importante, quando quiseres experimentar leitão a sério, avisa, mando-te as coordenadas de um certo sítio no concelho de Águeda, se o Fafe já não o tiver descoberto entretanto. Em público, lamento, mas não pode ser: já tentei trocar um post por um almoço mas a dona do tasco acha que não precisa de publicidade. Ela é que sabe.


  2. É natural estas contínuas desavenças entre muitos “aventares” – o exemplo vem de cima e como exemplo basta citar apenas os de direita PSD/CDS que de repente até dão beijos na boca porque lutam pelo mesmo pote

    Tristeza entre “educadores” que tão obedientes e legalista até já escrevem com o novo AO – escrevem ?’ ou macaqueiam a lingua ? ou é mais uma destruição consumada ?? tristeza

  3. Margarida says:

    Sobre “O caso do encontro roubado” ( http://aventar.eu/2012/09/21/o-caso-do-encontro-roubado/#comments)

    Transcrevo, no ponto 1, troca de emails que mostram que a ideia de um encontro de blogues da educação estava em andamento, com o conhecimento do Paulo Guinote, Arlindo (não transcrevi esse mail) e João José Cardoso.

    No ponto 2, a prova de que, de uma tal reunião, sai outra ideia de um encontro de blogges, da educação. Tudo ok … a maioria dos presentes não saberia de nada e francamente nada disto tem a ver com eles. Mas o Guinote sabia. Falei com ele sobre o assunto e não teve a dignidade de assumir que outras pessoas estavam a preparar a mesma coisa, com o seu aval.

    Nota: Sei que o Paulo publicou sobre este assunto no blogue dele mas não vou lá justificar o que quer que seja. E só o faço aqui, em dois posts, porque o João José está a dizer a verdade e há quem o queira ver passar por mentiroso que não é. E pela verdade e amizade, passo a expor:

    Ponto 1:

    Moriae para Paulo, 6 de Julho de 2012
    (…)
    O que podemos nós fazer? Já me lembrei de promovermos um encontro de bloggers da educação. Porque sabemos com o que contamos. Um encontro de professores para discutir e aferir coisas, é tiro ao ar. Mas, bloggers, tu, Arlindo, Paulo, Ricardo, Aventar … seria interessante. Com questões de debate e tempo para que todos se preparassem, sem qquer stress. Formas de reagir. É escandaloso o que se está a passar … Deixo-te esta ideia por agora, parece-me exequível. Início de Setembro ou finais de Agosto.
    (…)

    Moriae para Paulo, 6 de Julho de 2012
    (…)
    Ou pelo menos, gostaria que nos encontrássemos, alguns de nós, para debater estas coisas. A proposta anterior seria aberta esta, nem por isso. E aí, já não sei quem seria bom ter presente. O certo é que sinto falta de debater estas coisas com quem sabe delas e seja honesto e sem interesses pessoais. É provável que me digas que isso é difícil pois está tudo meio viciado … Mas mesmo assim, lanço mais esta hipótese.
    🙂
    M.

    Paulo para Moriae, 8 de Julho de 2012
    (…)
    Encontro de bloggers, sim.
    Já pensei fazer isso na (…)
    Para o arranque do ano lectivo, é uma boa hipótese.
    (…)

    Moriae para Paulo, 8 de Julho de 201
    Excelente!!!!!!!!!

    Moriae para Paulo, 25 de Julho de 2012

    (…)
    Sobre encontro de bloggers, o João José Cardoso alinha, ajuda na organização. Pensámos noi Salão Brasil em Coimbra, local espaçoso, onde se come bem!
    (…)

    Moriae 27 Jul para Paulo

    Essa coisa de sábado é um encontro de blogues da educação?
    (…)

    Paulo Guinote 27 Jul para Moriae

    É uma coisa para que fui convidado, não fui eu a organizar.
    Não tem nada a ver com um debate público.
    Com sorte pode sair dali a ideia para fazer aquilo de que falámos em Coimbra.
    Mas como te digo, não fui eu que organizei. e foi algo que apareceu apenas esta semana.
    (…)
    ____________________________________
    Ponto 2:

    Sobre o assunto vide http://educaraeducacao.blogspot.pt/search/label/encontro. O Guinote tb tem estas coisas no blogue dele mas calhou e buscar este link.
    1: O que decidimos fazer
    (…)
    3. Realizar um encontro alargado e aberto a todo o público de bloggers, no próximo mês de Setembro, sobre “A Blogosfera e a Discussão das Políticas Educativas em Portugal”.
    (…)


  4. Na troca de mailas, a Moriae teve a decência de omitir o facto de ter ido a correr comunicar o evento a alguém ligado à direcção do SPRC, que imediatamente “chutou” para cima.
    Depois pediu-me desculpa.

    Omitiu ainda mais elementos, mas a minha indecência não me permite transcrever outras coisas.

    Que incluíam até conversas sobre uma Ordem e tal.

    Ela lembra-se, mas omite.
    A truncagem dos mails é muito… decente.
    Ainda bem.

    Não me incomoda que alguém exponha assim as trocas de mails (ainda bem que nunca fui além de assuntos deste tipo… phosga-se, que isto de um tipo trocar mails com quem não conhece é um treta…), pois assumo em público o que escrevo em privado.

    Nos últimos dias é a segunda pessoa que me ensina que nunca se deve considerar nada como sendo privado (é que eu publiquei uns mails de Fevereirto que não troquei com ela mas com um compadre meu, a quem pedi autorização, não o fiz assim,*a sorrelfa).

    Qual o próximo passo: publicar aquelas mails trocados com a IS, em que o meu nome também aparece?

    Seria giro…

    E anda esta malta a dar aulas…


    • Paulo, estás à vontade.

      Sobre o facto de ter escrito para uma pessoa amiga, do SPRC, tal como te escrevi a ti, não vejo qual é o problema. Neste teu comentário, estás a ‘desvendar’ coisas que não têm qquer interesse para a questão inicial, o encontro de bloggers que ia acontecer em princípio de Setembro, em Coimbra, com teu conhecimento e interesse.

      Pedi-te desculpa por ter escrito a um amigo que está ligado ao meu sindicato? Deves estar confundido … aliás, estás pior do que isso quanto a mim. Não te reconheço!

      Tenho os mails em texto, tu tb, publica-os todos se te apetecer. Neste comentário, o anterior, aliás, cortei o que não tinha a ver directamente com este assunto, mas até acho que o texto completo é mais interessante. Tive a decência de publicar basicamente palavras minhas e uma ou outra tua. Depois de ameaçada por ti, via facebook, que irias por aí, se te apetecesse. E já me devias conhecer, não tenho medo de muita coisa. De ti, nenhum.

      Poder fazer não é igual a querer fazer. E prefiro parar com esta história. Pelo que não dou mais achegas baixas em resposta a provocações que te ficam tão mal … Eu sou uma pessoa pequenita mas tu, até tens alguma responsabilidade perante os milhares que te seguem.

      Já me ‘ameaçaste’ em privado que o farias (publicar coisas) … afinal de contas, sou assim tão importante? Pensei que eras melhor ser. Enganei-me durante anos mas lá está, há coisas que não duram eternamente. Publica o que quiseres, faz o que quiseres. Fica ciente de uma coisa, as pessoas não são burras. Pelo menos, nem todas.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.