14N: Greve Geral Europeia

Parece que há por aí uns tantos algo perturbados  que correram rapidamente a dar os parabéns aos  fortes que trabalharm, enquanto criticavam os fracos que faziam greve. Podemos percorrer as milhares de imagens do dia de ontem e rapidamente percebemos que, nas ruas, estiveram os ricos, os poderosos…

Percebo o jeito que dá a alguns, felizmente poucos, o que aconteceu ontem no Parlamento. Pensei em questionar a direita populista que sai à blogosfera nestes dias, o que me tem a dizer sobre os números de hoje, mas quero apenas fazer minhas as palavras do Paulo Querido:

Basta. Não darei nem mais um contributo, nem mais um link ou like, para a cena das pedradas e da carga policial. Caso não tenham reparado, caros e ilustres concidadãos, FOI DIA DE GREVE GERAL NA EUROPA, a mais importante não de um, mas de 2 séculos.

Portanto, se não se importam, refocamos no que interessa? Obrigado.

Comments

  1. margarida soares franco says:

    No dia em que ouvir o Paulo Querido dizer mal da governação de Sócrates, com as 50 PPP’s que criou, Fundações, Institutos, Observatórios, Parque Escolar, Magalhães, Aumentos de ordenados, Autoestradas e etecétera que levou SÓ à duplicação da dívida e consequentemente ao pedido de ajuda da Troika,, lerei o que diz…até lá, pura e simplesmente, ignoro-o !!!!!!!!!

  2. João Paz says:

    Não percebo o que têm a ver os Crimes do José Sócrates com esta EXCELENTE publicação do João Paulo, Margarida Soares Franco. Ah já sei como a comadre PS através de José Sócatres fez esterco e ajudou a afundar o país e a prejudicar GRAVEMENTE a vida de quem vive do seu salário a comadre PSD através de Passos e Portas pode fazer o mesmo em pior (a comadre PS que vem a seguir à comadre PSD no Governo prejudica sempre MAIS quem trabalha da mesma maneira que a comadre PSD que vem a seguir à comadre PS nas mesmas funções faz exactamente o mesmo). Ou seja uma mera manobra de distração para não ter de se pronunciar sobre a ENORME rejeição sofrida ontem pelo DESGOVERNO Passos/Portas já que , mais uma vez, houve muito mais gente a fazer greve do que o número de votos que ambos conseguiram SACAR nas últimas eleições. Ou seja é-lhe difícil “engolir” que Passos e Portas embora, por enquanto, ainda tenham legalidade para ocuparem o governo e DESTRUIREM O PAÍS tenham de todo PERDIDO QUALQUER LEGITIMIDADE para o fazerem. Parabéns João Paulo por esta publicação. Quanto à Margarida Soares Franco… lá terá de tomar uma dose acrescida de sais de frutos (um bom antiácido ao que dizem os livros).

  3. LMTV says:

    E desde quando é que um jornalista é um lider de opiniao? Eu ate fico maluca com as referencias que se escolhem. Que os tristes acontecimentos de ontem, que deveriam ser liminarmente punidos, de facto desviam as atençoes das questoes pertinentes como a tao esperada e desejada reforma do Estado, ou a da Justiça, ou a da Educaçao ou a da Saude, ou a da Constituiçao, essa Carta de Intençoes Socialistas desactualizada e caduca, ate concordo mas a manif nao era Iberica? Que eu saiba isso nao é o mesmo que Europeia e mais..entao se fosse, teria uma agenda propria e nada teria de patriótico, correcto? Pois, distorce-se a informaçao à vontade de quem a quer veicular e os jornalistas, essas perolas da nossa escrita, em vez de serem isentos e informarem os leitores, querem à força ser opinion-makers e manipular a populaçao para a manter ignorante e desinformada..e ainda ha quem neles baseie a sua posiçao face aos varios assuntos..Uma verdadeira demonstraçao de civismo e patriotismo que nao hajam duvidas.

  4. maria celeste d'oliveira ramos says:

    A liberdade é uma coisa lixada – liberdade ?? omo se forma um omem de libre pensamento lógico e ´tico ?? na escola ou na casa ?’ na sociedade ou nos jornalismo ?? Talvez na Igreja omnisciente” ?? dogmática e o raio

    • António Manuel says:

      GREVE GERAL? AONDE? MAIS UMA VEZ FOI A GREVE DA FP.
      E MESMO ESTA NÃO PAROU O PAÍS.
      NÃO VALE A PENA FALAR DOS PRIVADOS POIS ESSES NÃO FIZERAM GREVE, POR MAIS QUE QUEIRAM INDUZIR EM ERRO, OS PRIVADOS NÃO FIZERAM GREVE E SÃO OS RESPONSAVEIS POR QUASE 90% DO EMPREGO EM PORTUGAL. PERGUNTO PORQUE A COMUNICAÇÃO SOCIAL SÓ FAZ REPORTAGENS, DOS TRANSPORTES PUBLICOS, HOSPITAIS, ESCOLAS, TRIBUNAIS, CGD? PORQUE NÃO FAZ REPORTAGENS DOS CENTROS EMPRESARIAIS, DAS FABRICAS PRIVADAS.ETC… sÓ VI UMA REPORTAGEM DE UMA EMPRESA PRIVADA, A CONTINENTAL, ONDE EM PERTO DE 2000 COLABORADORES 72 FIZERAM GREVE.
      toda a gente tem direito á greve diz a nossa constituição e estou de acordo, mas tambem diz que essas greves tem que ter serviços minimos garantidos, para o bem estar e circulação das populações. pergunto onde não foram garantidos os serviços minimos, havera insconstitucionalidade?


  5. LMTV: as minhas opiniões no Facebook são publicadas a título pessoal. A minha profissão não me sujeita a perder a cidadania.

    Atualmente não tenho nenhuma posição profissional cujo contrato implique expressar opiniões.

    Faço notar que o autor do post também não invocou a minha profissão. Um traço de qualidade e rigor na escrita, que deve ser sublinhado. Tivesse querido comentar alguma citação minha nos OCS em que exerço, e aí sim, justificava-se — até se pedia, em nome dos mesmos rigor e qualidade. Assim não sendo, é a minha condição cívica que prevalece.

    Como a sua.

    • João Paulo says:

      Obrigado por ter comentado. Obviamente, a condição em que trouxe o texto foi a de cidadão, sendo que nem sempre é fácil deixar a condição profissional. De qualquer modo, era só o que faltava estar de algum modo condicionado. JP

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.