Como um arco-íris

Somos as coisas que moram dentro de nós. Por isso há pessoas que são bonitas. Não pela cara, mas pela exuberância do seu mundo interno. Há a estória da linda princesinha que foi enfeitiçada e, sempre que abria a boca, dela só saíam cobras, sapos e lagartos. Algumas pessoas, quando falam, delas sai um arco-íris.

(Rubem Alves, Do Universo à jabuticaba)

Comments

  1. Pois says:

    Obrigado pela citação. Depois de ler isto, as minhas mãos afastar-se-ão dos livros de Rubem Alves com a mesma cautela higiénica e estética dos meus pés quando se afastam da merda canina. Beijinhos


  2. Pois, pois… há gostos para tudo. O meu comentário ao seu é a própria citação de Rubem Alves.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.