Fundador alemão do euro pede o fim da moeda única

Oskar Lafontaine, um dos fundadores do euro quando era ministro das Finanças da Alemanha, pediu o fim do euro para deixar os países do Sul recuperarem. E sublinha que “os alemães ainda não perceberam que o sul da Europa, incluindo a França, será forçado pela sua miséria actual a lutar, mais cedo ou mais tarde, contra a hegemonia alemã“…

…“Merkel vai despertar do seu sono hipócrita quando, a sofrer por causa da política salarial alemã, os países europeus unirem forças para fazer um ponto de viragem na crise penalizando inevitavelmente as exportações alemãs”, avisa Lafontaine…

…Uma condição essencial para o funcionamento de um sistema monetário europeu seria a reforma do sector financeiro assim como a sua regulação. “O casino tem de ser encerrado”

Para ler na íntegra, mas dar desconto ao delírio chauvinista do ministro das finanças francês, que anuncia vitórias em batalhas que ainda não travou sequer.

Comments


  1. Diz-se por aí que o D. Bank tem em “derivados” o valor equivalente a 2 ou 3 vezes o PIB Alemão.

  2. Maquiavel says:

    Oskar Lafontaine é täo de Esquerda que abandonou o SPD e juntou-se ao Linke, o Bloco de Esquerda alemäo.
    Näo é por acaso que diz coisas destas.
    É que näo säo os alemäes os “maus” que querem o Sul da Europa a ferro e fogo com o Euro, säo os neoliberais, sejam eles alemäes (Schläube & Merkel) ou tugas (Gaspar).
    Verstanden?


  3. Acontece que os países que foram invadidos pelos Alemães, não estão a fazer frete nenhum, o FMI está cá, na Grécia, e mais alguns países por causa de interesses financeiros.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.