Porto – Benfica: O futebol é lindo

Sempre me fez confusão aqueles tipos que passam a semana inteira, antes dos grandes jogos, a dizer «vamos ganhar», «vamos dar-lhes 3», «já somos campeões» e isto e aquilo.
Um treinador, como tem feito Jorge Jesus, até compreendo. Tem de motivar os seus jogadores, tem de lhes dizer que eles são capazes de vencer. Agora os adeptos, passarem a semana toda a aferroar amigos e colegas, sabendo que podem não ganhar e que no início da semana seguinte irão ter de encarar esses mesmos colegas com um sorriso trocista e com as merecidas bocas?
Cá por mim, nunca embarco nessas coisas, que – diga-se em abono da verdade – no fundo no fundo são típicas de quem não está realmente muito preocupado com o assunto. De quem vai continuar bem disposto na mesma se a sua equipa perder o título e só quis mesmo mandar umas bocas.
Ou se calhar sou eu que levo o futebol demasiado a sério. Talvez herança do meu pai, com quem ia ao futebol ainda não tinha 3 anos. O meu velho pai, que há 50 anos atrás apanhou uma coça no Estádio do Guimarães e que ficava de trombas a noite inteira quando o Porto perdia. O meu velho pai, que está quase a partir e a quem tudo devo. A começar pelo próprio nome.
Seja como for, vou estar caladinho até Sábado. Espero ganhar, espero fazer uma festa louca, mas não acho que vamos ganhar. Da mesma forma que não acho que vamos empatar ou que vamos perder. Simplesmente não sei. E por isso estou calado. Porque é um daqueles jogos em que tudo pode acontecer. Estou muito confiante, apenas isso. Mas com medo. Muito medo. Sabendo que, se perdermos, vou ficar de trombas a noite inteira.
É por isso que o futebol é lindo. Ganhando o Campeonato, lá estarei no dia seguinte a fazer contas ao tetra. Perdendo, coemçará a esperança de reconquistar o título perdido. No dia seguinte, já interessa muito pouco o que se conquistou na véspera.
Seja quem for, o vencedor será o justo Campeão. Que venha o jogo.

Comments

  1. manuel da silva moutinho says:

    Muito bem, estou de acordo, acontece o mesmo comigo. Viva o Porto.

  2. António Fernando Nabais says:

    Subscrevo inteira, sincera e totalmente. Fico tão supersticioso que até acho que dá azar andar-se a dizer que se vai ganhar. Não digo, não não digo e não digo. Mas quero.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.