Notícia que não noticia

A notícia poderia adocicar a nossa esperança, pois se há alemães sensíveis e fartos do ónus de impositores da austeridade, isso seria um começo de conversa, mas a jornalista Isabel Arriaga e Cunha não diz quais, pelo menos na edição online.

Comments

  1. Não creio que esta notícia tenha muito a ver com a sensibilidade alemã.

    Sem ter mais pormenores é difícil de confirmar, mas a notícia que lincas parece ter tudo a ver com o facto da economia alemã estar a abrandar (crescimento de 0.1% no primeiro trimestre), necessitando por isso de medidas de estimulo ao crescimento (mais ou menos o contrário da austeridade).

    Mas não há problema, o bode expiatório está preparado há muito tempo e, no momento mais oportuno, terá de suportar todas as culpas. Coitado do tolo Durão…

    • palavrossavrvs says:

      Compreendo… O obediente e servil Durão… Fantoche do teutões… Que a culpa lhe caia em cima servir-lhe-á que nem uma luva.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.