Carlos Abreu Amorim perdeu a virgindade

Facto compreensivelmente saudado pelo Ricardo Araújo Pereira.

Comments

  1. joao riqueto says:

    A priori, a necessidade de sentar as pessoas, foi a essência que justificou a existência, da cadeira.
    A posteriori, qual será a essência que justifica a existência, desse tipo?

  2. Eu mesma says:

    Mas o fulano não perdeu a virgindade, caro RAP. O fulano parece uma pêga da rua a fingir que é virgem para sacar uns trocos a mais ao incauto que pensa que vai pagar para “inaugurar” uma virgem. Com todo o respeito pelas pêgas da rua.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.