Declaração de derrota

Apreciem a mímica das duas personagens que compõem o cenário. Em Portugal para se chegar a ajudante de ministro basta uma vida sexual passiva nos meandros do poder.

Quanto à argumentação de Nuno Crato, no seu tempo, tinha-lhe garantido uma viagem a Tirana. Sim, a capital da sua Albânia do coração. Os que se piram da esquerda para a direita cultivam, é curioso, os tiques da juventude.

A maior derrota laboral deste governo. Qualquer resto de dignidade que restasse a Nuno Crato e teria aproveitado para se demitir.

Comments

  1. Mas muitos exames foram feitos, Havia uma greve, os cobardes foram dar a victória ao governo porque razão?

  2. Patolas says:

    Foi uma greve dos professores (93% fizeram greve)… não foi uma greve aos exames!
    Espero que tenha compreendido!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.