Democracia sim, mas a minha

col1_sachs_tower-sm1

Anda a blogo-direita histérica por ter encontrado uma frase, com meses, de um deputado do PCP, perfeitamente óbvia e natural, basta não acreditar no fim da história para a entender.  Ao mesmo tempo e nos mesmos espaço,  no meio dela encontro esta afriamção, fresquinha, de Luís Naves:

Uma democracia implica muitos outros elementos, tais como mercado livre, imprensa plural, diversidade de opiniões,

A ideia de que só há democracia com “mercado livre“, muito respeitável no séc. XIX, vale no séc. XXI a responsabilidade directa pela crise europeia e não só: foi a liberdade dada aos mercados financeiros que a produziu, no dominó da salvação dos bancos e outros fundos mais que tóxicos. O resto é propaganda de treta. Mesmo que assim não fosse temos de convir que é um sentido muito restritivo de democracia: e se o povo votar contra o livre mercado, optando por um pacato programa social-democrata? não é democracia? e se amanhã o PCP for o partido mais votado, não pode formar governo, chama-se a NATO?

Vindo de quem recentemente defendeu com unhas e dentes Viktor Órban, o proto-nazi húngaro não nego que eleito mas questiono em que condições de “imprensa plural” (habitual sinónimo de pluralmente na posse dos donos dos mercados, como entre nós), não será de espantar. Depois admirem-se de a história continuar no sentido de um dia levaram com um safanões na propriedade privada, essa deusa que só não se adora quando se trata de arcar com o prejuízo bancário dos que nos têm governado.

imagem

Comments

  1. DEUS says:

    A sopeira Maria Nojenta Avillez como cidadã e jornalista está muito próxima deste governo. Lá vira a outra sopeira, uma tal de Helena, dizer que em Portugal o jornalismo está nas mãos da esquerda.


  2. Estamos noutros tempos, hoje em dia é tudo costumerizado, (ou lá como é que isso se diz), até a democracia.


  3. Essa Maria João Avilez , salvo erro casada com rico constrtutor salvo erro Américo Santo , que creio ter estado envolvido em corrupção na Câmara de Cascais no tempo em que judas foi presidente , é o tipo de jornalista do regime altamente tendenciosa .

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.