PSD e CDS, inocentes vítimas de uma maquinação diabólica do PS

Sim, Joaquim, claro que o PS tem muitas culpas no estado a que o nosso país chegou. Fui dos que mais atacou José Sócrates neste blogue. Claro que poderíamos continuar a andar para trás e falar dos 10 anos de cavaquismo, em que o défice cresceu como cresceu à custa do eleitoralismo de quem queria ganhar eleições, da mesma forma que a força produtiva do país ia desaparecendo.
Ou recuando mais ainda, poderíamos falar dos 800 anos de Monarquia, forma de governo profundamente ridícula e essa sim responsável pelo país que temos hoje.
Mas é a actual crise política que está em causa. Mais do que a crise económica e financeira, que seria exactamente igual se estivesse o PS a governar – com este PS, as medidas seriam as mesmas. As que a Troika mandasse.
E por muito que te custe, a actual crise política não tem nada a ver com o PS. A coligação PSD – CDS anda às turras há 2 anos. Passos Coelho diz uma coisa e Paulo Portas vem dizer outra. Passos Coelho anuncia medidas e Paulo Portas vem dizer que não aceita. Passos Coelho apresenta o rumo do Governo e Paulo Portas, no CDS, apresenta um rumo diferente.
Foi aí que começou a actual crise política. Que continuou com a demissão de Vítor Gaspar. E com a nomeação da nova Ministra das Finanças sem que Passos Coelho se dignasse a dar cavaco dessa decisão ao seu parceiro de coligação. E que teve um novo episódio com a demissão de Paulo Portas. E que culminou com a não-aceitação da remodelação por parte do Presidente da República. Que culpa é que o PS tem de tudo isto?
Se o PS cometeu algum erro na actual crise política, foi quando aceitou iniciar negociações com o Governo. Não o devia ter feito. Fazendo-o, permitiu que agora a Direita venha dizer coisas como as que tu dizes. Ditas como se nós fossemos todos burros.

Comments

  1. de férias says:

    ricardo, que a mão não lhe doa mas… esse gajo não é cego, ele está a tapar os olhos. os dele e os dos outros.
    1 abraço

  2. Carlos Roque Santiago says:

    Bem argumentado. às vezes fico supreendido com a prosa do Joaquim porque sendo ele desempregado (?) estar a fazer uma vida de contenção,ou seja, depende do seu trabalho para viver tenha aflorações escritas que parecem apoiar os “capitalistas-políticos da trafulhice” deste governo e aparentados.
    Claro o que deve orientar a nossa conduta é ter um juízo muito crítico perante todos aqueles que falando no bem-comum, mais não fazem do que explorar as circunstâncias de estarem no poder para experessar as suas vaidades e egoismos-dinheiro.

  3. nightwishpt says:

    O problema é que há muita gente que acredita, mesmo.
    Não há solução para a democracia.


  4. Concordo com a sua prosa , só não concordo que se ataque ,
    por tudo e por nada , o palvrossaurus ,que me parece escrever
    bem e articular bem as suas ideias , embora não subscreva muitas dos seus temas , tais como muitas vezes parece defender este desgoverno , que creio ele também ataca , mas isso não quer dizer que se desculpe o PS , que na pessoa do corrupto e depravado Sócrates , fez muitos estragos ,

    Ora se o AVENTAR é plural e democrático , creio que um per-sonagem como o palavros também tem o direito de expressar
    as suas ideias , que me parece uma pessoa injustiçada e re-
    voltada , havendo muita gente como ele , por exemplo eu , que
    estou na MISÉRIA , no que o PS também tem muita culpa , em-
    bora , o meu caso remonte ao sinistro cavaquismo , como já te-
    nho anunciado neste blog , em muitas situações , em muitas
    cartas , assistentes sociais e muitas outras Entidades .

    Às vezes , nem dinheiro tenho para enviar uma carta e a qualquer momento posso ter a Internet desligada , por falta
    de pagamento..

    É preciso também compreender a situação dos outros , pois
    que a situação do nosso amigo palavrossaurus não deve ser
    nada boa .

    Ainda é um passado muito recente , cujos malefícios ainda não estão sarados .Pois , muitas das coisas que são atribuídas a este desgoverno , que também critico , já tinam começado no tempo do Sócrates , que devia estar preso , bem como muitos
    outros ..

    Claro que o cavaquismo foi uma praga para este País , excepto para alguns que se amanharam muitíssimo bem e para outros por fanatismo .

    Todavia , uns não desculpem , ou podem encobrir , os outros , porque são todos culpados , devem ser julgados na justiça criminal com penas pesadas .

    Parabéns pela sua análise .

  5. adelinoferreira says:

    A fotografia captou as imagens passadas e presentes
    com realismo e verdade. Obrigado Ricardo


  6. Estranho o esquecimento dos anos de Cavaco Silva como primeiro ministro e o que se roubou – para onde foram os biliões de contos – quem ganhou com quê incluindo PPS e casa de cidade e de praias e 3ª habitação – e OP sem nunca mais acabar e o CCB e a EXPO 98 e todas as DIVIDAS dessa altura que nunca foram pagas e quem são os novos ricos da política que hoje são politólogos e que eram apenas técnicos normais e hoje são os barões do cavaquismo – Sócrates apenas aproveitou e bem o que vinha já de trás – agora são as consequências desde 1986 acrescentadas à maior ignorância e inépcia pois que se assim não fosse este senhor ainda seria mais herói pois conseguiu em 2 anos fazer voltar a economia para 1960 – creio que o sector primário foi desfeito por cavaco e não sou pois do primário deriva o secundário – industrias agroalimentares – que determinam armazenamento transporte e distribuição (serviços) – só Sócrates é muito pouco e nem inteligência tinha para tanto – na altura nem se denominava PAC – mas foi ela que deitou tudo abaixo porque mesmo a destruir não foi tipo terramoto – foi com programa a longo prazo (30 anos) A desgraça é que nem 30 anos bastarão para repor o que foi alienado até porque a população activa e mais letrada – pirou-se – e são mão-de-obra-intelectual e não andam de enxada na mão me de barco de pesca nem são latoeiros nem empregados de café nem trabalham nas fábricas – são demasiado intelectualizados e desprezaram-se as classes sociais com menos literacia ou sem ela mas faziam e sabiam – os filhos desses foram para as universidades e nunca darão continuidade ao que seus pais faziam, poderão fazê-lo de outra maneira mas preferem ir para a Suissa e Austrália – coitado de sócrates que nunca vi nenhum político ser tão acossado e nem sei como se aguentou pessoalmente mas Portas e Passos são bem piores – nem sequer se mostram como são – mostram como “fizeram” – e se há investigação científica e tanto investigador premiado a qui e “lá fora” e convidados para “lá fora” são todos do tempo de Mariano Gago – e agora a memória é curta mas o que há não é da “semana passada” vem de há 30 anos incluindo o turismo que ocupou as grandes e magníficas áreas agrícolas algarvias além da indústria algarvia tradicional e nem há que apanhe figo e amêndoa que vêm da China ou não sei de onde mas do algarve não – para além do trabalho nas matas e rebanhos e pequena agricultura hoje nem matas há – há eucaliptais e pinais a arder – e o FOGO diabólico começou (sem parar) nos anos 80 quendo se começou a falar em ordenamento florestal e nada se fez e fez-se o Alqueva pra a agricultura mas agora é para o Turismo que não é incompatível com agricultura mas o sistema de rega a partir do Alqueva que estava programado e prometido quem o fez e quem o vê Onde ? – se há quem vá à história da monarquia não percebo como não vão à do cavaquismo – só se são cavaquistas que aceitem que o PR anda a mexer e poluir as aves autóctones das Selvagens que é um SANTUÁRIO ornitológico que não aceita Cavacos ou então ningué sabe o que é e para que serve tal tipo de Reserva e tem “opibião” de Marinho Pinto quando à REN do sr Macário ou “acha” que – é melhor não achar porque perde


    • Toda a gente sabe que o cavaquismo foi do mais snsistro
      que existiu até hoje e eu que o diga , por culpa do qual
      fiquei na miséria , que Deus nos livre destes gajos .

      Só que o problema maior é que existiram e apareceram
      outros cavaqquismos , mas com outros nomes , tais como
      gonçalvismo , soarismo , socratism , guterrismo , barr
      osismo , santanismo e agora coelhismo-portasismo .

      Os políticos e partidos sejam eles de cor forem não prestam.

      Todavia creio que o caavaquismo foi o pior , só .que eu ,
      para maior tragédia da minha vida tive que levar com
      eles todos e se calhar com mais alguns bandidos .


  7. Como ninguém se recorda de como e quando a AR se autopromoveu e aumentou de salários de 55% e não perdeu subsídios nem catões de crédito nem direito a “casa” mesmo tendo-a em Lisboa – nem a topos de gama até para a família – Os topos de gama de facto são de Sócrates mas estes “não andam de lambreta” – falar assim como falam só de tempo socrático não vale – nem se lembram do abate da agricultura e de TODOS os barcos de pesca artesanal que França não abateu nela nem abateu agricultura nenhuma (e frança come 70 % do total do budget da agricultura que são 40% do todo europeu) – mas eu lembro muito bem – nenhum país resiste sem sector primário nem Suissa nem Alemanha nem França – aqui foi dizimado e deles é que derivam o secundário mais ou menos evoluído e por fim o terciário


  8. E quando Portugal não utiliza os dinheiros que lhe são atribuídos porque não propõe e muito menos realiza os projectos, o que não come é “dado” a espanha que está sempre àlerta

  9. nascimento says:

    Agora a sério….este merda. andou fazer-se num blogue:meditação na pastelaria….a dona deu-lhe para trás…encostou-se no Aventar e pimba…é mais um merda ao qual os Cardosos de uma certa esquerda. Gostam….


  10. Não sou de esquerda , nem de direita , nem voto em nin-
    guém ,mas com todos os defeitos gosto do AVENTAR ,
    no qual são ditas coisas interessantes , que , certamente ,
    não poderão ser ao gosto de todos .

    Só que algumas barbaridades , ofensas e calculismo so-
    bre as pessoas não devem ser ditas , quando quem as
    diz contra os outros , ainda é pior que eles.

Trackbacks


  1. […] demasiado na autópsia das crises políticas e das respectivas más-disposições, Ricardo. Que tal privilegiar o Povo que sobrevive, que muda de vida antes que lha mudem, parafraseando […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.