S. João da Madeira com produção de escravos

Está tudo a preparar-se para que os Chineses não precisem de pagar mão-de-obra Portuguesa. Viva o futuro!

Comments


  1. Não percebo a lógica. Os miúdos aprendem chinês logo vão trabalhar de graça para os chineses?!

  2. Hugo says:

    Que ridículo. A China caminha a passos largos para se tornar uma potência económica. Saber falar mandarim será uma enorme mais-valia para quem quiser trabalhar ou negociar com os chineses, tal como saber falar inglês ainda o é. E em vez de se elogiar a iniciativa de São João da Madeira, não, entra-se no modo comunista retrógrado (isto não será um pleonasmo?) e começa-se a disparar idiotices em todas as direcções. Pensar um bocadinho antes de escrever custará assim tanto?

  3. Miguel says:

    que puta de panca

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.