História infantil ou o “Euro-Não Euro” explicado às crianças

(plateia infantil atenta; o contador começa)

contar-historias-infantis-ingles-para-crianca-na-juan-uribe-9
Era uma vez um avião muuuiiito bonito chamado Euro. Nesse avião iam, em passeio, meninos e meninas de todos os partidos, embora alguns gostassem mais do avião que outros. Tinham sido as suas famílias a fretá-lo – embora, valha a verdade, todos tivessem sido obrigados a pagar. Iam muuuuiiiito contentes, embora não soubessem ao certo o programa da viagem. De repente – horror! – o avião pegou fogo! “Não tenham medo”, diziam os meninos que gostavam muito do avião, entre os quais os que vestiam bonitas camisas laranja e cor de rosa tinham visível ascendente sobre a maioria dos outros. “Os nossos pais garantiram-nos que é seguro e muito bom. Vamos ficar aqui sossegados que tudo se resolverá, o fogo apagar-se-á.”

“Não!”- gritaram alguns pequenos de camisas sortidas e de cores mais ou menos indistintas. “Antes queremos morrer da queda que queimados! – gritavam, fazendo menção de se dirigir para a porta. Entretanto, um puto de conspícua camisa vermelha foi-se dirigindo para o fundo da cabina. “Onde vais, ó comuna?”- perguntou-lhe um dos garotos. “Vou ali ao fundo providenciar, à cautela, um para-quedas. E, já agora, um extintor…”.
E assim, meninas e meninos, acaba a nossa história, disse o contador. Perceberam? Siiiiiim – responderam as crianças. Para os seus botões, o contador sussurrava: se estes percebem, porque diabo não percebem os crescidos?

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.