Conchita Wurst

conchita_wurst-Festival-Eurovisao-CancaoO Festival Eurovisão da Canção é o sonho de toda a gaja gira.

Coincidências

seguro

Claramente que a imagem de cima, do tumblr de autoria desconhecida e que até deu título no SOL, deve selfie-royalties às imagens de baixo.

O meu post de 25 de Abril

Demorei até escrever este post porque fui obrigada a pensar bem no que queria dizer. Nem sabia bem o que havia de escrever até que um sketch do Ricardo Araújo Pereira me iluminou.

A minha visão do 25 de Abril e do Estado Novo nem sempre foi aquela que é hoje. Desde muito cedo que tive opiniões e elas nem sempre foram as mais inteligentes, especialmente não o eram quando eram fruto de influências alheias. Felizmente, rapidamente me passaram, e hoje sou menos parva do que era há 6 anos. Ou há 6 meses, há 6 dias, há 6 horas. As pessoas devem, penso eu, evoluir.

[Read more…]

PARTIR, de Sarah Adamopoulos

image

8, 9 e 10 de Maio | 21:30 | Teatro Extremo | Almada | Apareçam!!

A crise, a banca e a emissão de moeda

É o banco, em função da sua avaliação do risco, que ao conceder um crédito cria depósitos, quer dizer, dinheiro efectivo a partir do nada. [Rui Hebron no DO]

O cão fiel

his-masters-voice-copy

As manobras de manipulação eleitoral em favor da maioria têm, em todos os canais televisivos, atingido níveis demenciais, nunca vistos (e os deuses sabem que já vimos muito!…). Dá resultado? Vai dando. As sondagens parecem mostrá-lo (já sei, já sei, as sondagens valem o que valem, etc. e tal).

Não querendo gastar-vos a paciência com especulações sobre a alienação dos oprimidos, aqui vos deixo um poema breve do velho mestre, que dedico a todas as vítimas que tencionam votar nos seus carrascos:

O cão fiel

Era um cão fiel…
Foi a dar ao rabo atrás do dono
até à oliveira em que este
o enforcou com um arame.
(Joaquim Namorado)

Imagem

«A culpa é da Páscoa»

puta e merdas

Já ouvimos no passado o mau tempo ser acusado dos maus resultados da economia. E o que parecia surreal e anedótico, foi ontem verbalizado pela ministra luís albuquerque.

Ouvi incrédula esta espécie de governante dizer, na sua postura sempre arrogante e fria, completamente distante de quem votou nos palhaços que a colocaram naquele posto, que a economia não teve melhores resultados no primeiro trimestre do ano porque (hélàs, já cá faltava esta desculpa) a Páscoa foi tardia! E como a Páscoa calhou em Abril, as pessoas fizeram as compras de Páscoa em Março, arruinando, assim, a nossa tão promissora economia. É que, segundo aquela brilhante mulher, se a Páscoa tivesse sido em Março, as pessoas teriam feito as compras em Fevereiro e a economia teria florescido em todo o seu esplendor.

Triste país este, tão atacadinho de todos os lados! Ou é o mau tempo, ou é o Coelhinho da Páscoa, está tudo contra nós…

Nem a Nossa Senhora de Fátima nos salva desta cambada hedionda que se colou às cadeiras do poder, qual lapa mijona atracada às rochas.

1969-2014

1969-2014
Ninguém gosta de ser interrompido numa Universidade… e isso vê-se na expressão…