O marau

Ganhar 10.000 por mês para fazer na tv a sua própria campanha eleitoral e a da direita, rezar pela bipolarização – a bem ou a mal, se necessário – do país, queimar em lume brando adversários políticos, promover a proliferação de candidatos – da esquerda e da direita – à presidência da República para que o seu nome vá inchando, é obra só ao alcance de um marau espertalhão. Tem impacto popular? Tem. Como os programas da tarde, os anúncios de calcitrim, as telenovelas, a música pimba (não estou a fazer juízos de valor, estou a comparar estatísticas). Marcelo, repimpado e bem pago, vai fazendo pela vida. Cada vez mais rasteiro, é verdade, cada vez mais demagogo, é verdade, mas fazendo o seu caminho – movido a combustível caro – para Belém com a diligência de uma formiguinha e a elevação moral de uma minhoca.

Comments

  1. Edgar says:

    Apoiado, sou da mesma opinião. Se Marcelo apresentar a sua candidatura à PR é uma vergonha.

  2. Nightwish says:

    Curiosamente, pensei que estava a falar de Cavaco, é gente da mesma raça.

  3. Tudo da mesma laia, sem duvida. Mais verniz,menos verniz…

  4. ferpin says:

    Há anos que vejo o marcelo a debitar na tv com o mesmo olhar com que olho um mediano prestidigitador. Ele faz o seu número, mas quem estiver atento topa o truque facilmente.
    O problema é Portugal ter tanto ignorante.
    Se um destes artistas com boa imprensa ou tv (basicamente os tipos todos da direita, o Costa há uns tempos e pouco mais) fizesse campanha em que prometesse (metendo pelo meio palavras bonitas) fuzilar quem ganhe menos do que 800€, haveria muita gente a ganhar abaixo dessa quantia que votaria no gajo, embalada pelas belas palavras. Basta por exemplo apelar à inveja, fazer crer que se vai fuzilar o vizinho… que o ignorante nem nota que está no mesmo saco.

    Basta ver a quantidade de funcionários públicos, empregados de baixo salário, desempregados, subsidiados e afins que terão votado no passos e no portas. E que se calhar votam outra vez, afinal a culpa de ainda estarem mais na merda do que estavam é praí dos gregos… ou do socras…

  5. Marco says:

    Como é que aquele senhor,continuo a vender a sua banha da cobra todos os domingos salvo erro,é que eu não sei!!Só num país tão analfabeto,é que tal é possivel…

  6. lisboa says:

    um está preso por fazer obra (porto de leixões etc.etc.)e os abutres do governo todos felizes a inaugurar .

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.