Onde é que nós já ouvimos isto?

Não serão necessárias medidas adicionais para que o défice este ano fique abaixo dos 3%“. Em ano de eleições, Pedro Passos Coelho promete tudo e o rebanho acredita. Ou faz de conta por amor à camisola (de lã), é igual. Méééééééééé!