Rede Nacional de Cicloturismo

Paulo Guerra dos Santos *

Foi em 2010 que, após realizar uma viagem de 100 dias a viajar em bicicleta por Portugal Continental, Paulo Guerra dos Santos idealizou o projecto Ecovias de Portugal. A experiência adquirida nesta viagem forneceu-lhe um conhecimento notável da geografia lusa bem como das suas estradas e respectivo tráfego automóvel, permitindo-lhe idealizar aquela que cada vez mais toma a forma de Rede Nacional de Cicloturismo.
Sem recorrer a quaisquer tipos de construção, esta rede conta desde Maio 2015 com 1300 km já identificados, exclusivamente em GPS. Sendo as rotas inteiramente baseadas na rede viária existente, este engenheiro civil especialista em projecto de estradas viaja pelo país com a sua bicicleta para identificar estradas secundárias com reduzido tráfego automóvel, estradões em macadame, ciclovias e ecopistas da REFER (antigas linhas de comboio reconvertidas para uso exclusivo de peões e ciclistas) para em conjunto as englobar numa rede que estima venha a ter mais de 8000 km em 2025, permitindo a qualquer pessoa viajar por todo o país em modo turístico, exclusivamente utilizando a sua bicicleta como meio de transporte.

ecovias_de_portugal_guia_bicicleta

Pode descarregar gratuitamente o mapa de elevada definição aqui.

O projecto, que não conta com quaisquer tipos de financiamento, seja de entidades públicas seja de associações ou federações ligadas à bicicleta, ganhou a forma de um roteiro turístico em formato exclusivamente digital e que pode ser adquirido online. Este documento, em PDF, contém informação sobre todas as secções já identificadas (com uma média de 50 km cada), sendo constituída por mapas de elevada definição, informação técnica e turística, bem como diversas dicas sobre os pontos por onde passa.

* Texto escrito ao abrigo da liberdade ortográfica.