Multibanco fora de serviço

Obviamente que os Bancos irão passar o custo aos comerciantes que não esquecerão os consumidores finais. Esta medida tola faz parte do O.E. do (des)governo Costa, que inclui outras trapalhadas como o IVA da restauração, com uma sandes a pagar 6%, mas uma tosta já paga 23%… Um disparate que provocará o aumento das transacções em dinheiro vivo, facilitando a fuga ao fisco.

Refém das corporações que o sujeitam a um pesado caderno de encargos que afecta a despesa, António Costa para cumprir o sonho de ser primeiro-ministro sujeita os portugueses ao aumento dos impostos indirectos. Ainda bem que se virou a página da austeridade da direita, agora Portugal fica apenas com a austeridade de esquerda…

Crónicas do Penedo IV – Não vale a pena explicar, Hugo

hugo

Foi algures na década passada que a propósito de uma calúnia de que fui alvo um velho amigo, lendo um texto meu, me mandou uma mensagem com a seguinte frase: “Não expliques. Os amigos não precisam e os inimigos não acreditam”. A partir daí, sempre que fui alvo de uma calúnia segui essa velha máxima. Ainda há dias, mesmo estando relativamente longe, um velho companheiro de muitas lutas ligou-me para me informar de uma outra que corria. Depois de termos trocado umas boas gargalhadas recordei-o dessa velha máxima. Hoje, deambulando pelas redes sociais, dei de caras com uma grave calúnia que atingia um grande amigo, o deputado Hugo Pires do Partido Socialista. [Read more…]

O lema

Muitos autores o dizem: a necessidade de auto-afirmação é uma das mais relevantes determinantes do comportamento humano. Partindo deste princípio, poderíamos ensaiar um pujante ensaio sobre a razão que leva o PSD a definir como lema do seu congresso “social democracia sempre!”. Mas fenece-me a vontade e confesso o meu desprezo pelo objecto de tal estudo. Por isso, limito-me, singelamente, a considerar que tal consigna é uma pura vigarice e uma operação de publicidade fraudulenta na qual só acreditam os pobres de espírito dos quais, como se sabe, é o reino dos céus, já que tanto desprazam o da terra.

Equívoco

Não é que PSD e CDS não se atrevessem a negociar com Bruxelas. Apenas nunca estiveram interessados em fazê-lo. Sendo isto óbvio para muitos, não está de mais lembrá-lo.

Um orçamento muito diferente

image

Já ouvi os mais díspares pontos de vista quanto a este orçamento de estado. Irresponsável, irrealista, inexequível e outras i-zices com que, especialmente a direita, tem procurado desacreditar o trabalho que ela própria não fez – apresentar um orçamento dentro do prazo previsto.

Mas há um i que a direita não usou para adjectivar o orçamento Costa. Inconstitucional. Do que se conhece até agora, e é de ver que o OE ainda não é do completo conhecimento público, não há medidas que possam ser apontadas como potencialmente ilegais.

Governar dentro da legalidade poderá ser, para alguns, um pequeno nada. Haverá quem ache que negociar com Bruxelas o melhor para o país é uma blasfémia, uma insurgência a merecer exemplar açoite. Mas é uma lufada de ar fresco num país governado durante quatro anos no limite da lei, e às vezes, mesmo, para lá da lei, com o consentimento do presidente que a jurou defender.

A Justiça a fazer o seu trabalho

Vítor de Sousa, antigo vice-presidente de Mesquita Machado na Câmara de Braga que foi também o candidato do PS nas últimas autárquicas e Cândida Serapicos também ex-dirigente local do PS foram detidos e serão apresentados hoje em Tribunal. Estas detenções surgem na sequência de um processo onde alegadamente terão recebido ” luvas ” na aquisição de autocarros à empresa alemã MAN.

Sim miserável, a culpa é tua

Ganância

A culpa é tua porque não percebes a economia, não percebes os mercados, não percebes a importância das agências de rating e dos especuladores. Se percebesses, facilmente entenderias que este mundo precisa de milionários tanto quanto precisa que tu vivas a contar tostões. E daí se um grande banco provoca uma gigantesca crise mundial que leva milhões a perder as suas casas e a não saber como pagar as refeições do dia seguinte? Não és também tu livre de fundar um banco e enganar uns quantos milhões para que nunca falte gasolina no teu helicóptero? Quem nos manda a nós ser estúpidos? Afinal de contas, nós temos esse direito: o direito de ser estúpidos, de nos deixarmos enganar. Não é bela, esta democracia? [Read more…]

Justiça para Assange

ONU conclui que detenção do fundador do Wikileaks é ilegal e arbitrária mas Reino Unido e Suécia não baixam os braços enquanto não o virem atrás das grades. É o preço a pagar por incomodar o topo da pirâmide.

Os esqueletos no armário do PS Braga

VSMM

Vítor Sousa, ex-vice-presidente da CM da Braga e candidato derrotado do PS nas últimas autárquicas foi ontem detido por suspeitas de corrupção. O homem forte do quase-eterno autarca Mesquita Machado é suspeito de gestão danosa enquanto administrador dos Transportes Urbanos de Braga, e esta a ser investigado pela compra de 13 autocarros à MAN Braga em 2011.

A história da cidade de Braga cruza-se com a história da dinastia socialista de Mesquita Machado. Entre amigos e heranças catastróficas de divídas colossais, a história narrada em 2010 pelo Ricardo Santos Pinto é reveladora daquilo que foram os anos loucos da autarquia bracarense. Obras públicas adjudicadas de forma opaca, ligações suspeitas e ajustres directos em abundância. E agora a detenção de Vítor Sousa. Quantos esqueletos haverá neste armário?

Foto@Diário do Minho