As ondas gravitacionais foram detectadas

 

Segundo a comunicação social, as ondas gravitacionais foram finalmente detestadas… Detestadas? Não. Foram finalmente destetadas. Destetadas? Também não. Já sei: detetadas. Não? Não, porque a diferença grafémica entre detestadas, destetadas e detetadas… Ah! Já sei: as ondas gravitacionais foram finalmente detectadas! Exactamente: detectadas!

Desejo-vos um óptimo fim-de-semana.

A culpa é nossa

O Deutsche Bank afunda-se numa crise inquietante e as suas acções caem. Como a culpa só pode ser nossa, ‘bora lá pedir perdão ao Schäuble e pagar o prejuízo. Verzeihung, mein Führer!

La cucaracha

Há coisas que uma pessoa não pode fazer em Espanha e uma delas é tomar café. A não ser, claro, que o café seja de marca portuguesa. Tenho, por isso, uma pequena lista de lugares onde sei que posso pedir um café sem riscos de maior e lanço mão dessa lista sempre que necessário. Na manhã de Carnaval, estava eu a tomar o pequeno-almoço num desses sítios já conhecidos, quando entra um grupo de mulheres vestidas de Thermomix. Eram quatro cinquentonas, descaradas, de risada sonora e língua afiada. A Thermomix, talvez não saibam, é uma instituição em Espanha, uma máquina liquidificadora e processadora de alimentos, dessas que fazem sopas, sumos de fruta, pão, soufflés,  queques fofos. As folionas traziam uns chapéus muito vistosos, com frutos, peixes, salsichas de plástico, e no peito uns botões com diferentes velocidades, mesmo a jeito para que os homens atrevidos lhes perguntassem se podiam dar ao botão. Podiam ser quatro “chicas Almodóvar”, ou pelo menos a isso aspiravam, embora os chapéus remetessem inevitavelmente para a “Pequena Notável” de Marco de Canaveses. [Read more…]

A alternativa à “geringonça” é um “calhambeque desconjuntado”?

Capture_2015

Instalou-se em Portugal um estilo de oposição que diz mal de tudo o que mexe, sem o mínimo de reflexão e sem atenção aos interesses de Portugal. Isso resulta do mau funcionamento dos partidos que, como dizia Viriato Soromenho Marques ontem no DN, nos pode levar de novo ao abismo: “É mesquinho querer ganhos táticos, quando o interesse nacional exige dos partidos seriedade, compromisso e convergência estratégica. O espírito de fação levou-nos à beira do abismo. Se não quisermos mergulhar nele, teremos de pensar e agir de modo diferente“. [Read more…]

A União Europeia e a Democracia

O caso grego já tinha demonstrado que a União Europeia só é compatível com a Democracia quando há governos de direita no poder, ou seja, quando as escolhas livres dos povos coincidem com os dogmas de Bruxelas, Berlim e Estrasburgo. A médio prazo esta situação não é modificável. Ao governo português e à maioria que o apoia será exigido um esforço e uma capacidade de resistência inéditos, quer na nossa história democrática, quer na de cada um dos partidos em causa.

Reflectir é desarrumar os pensamentos

jean_rostand

Esta é uma boa resposta para quem vive formatado num determinado registo de pensamento. Talvez seja a hora de fazer uma reflexão profunda.

Manifesto do DiEM25 – Em Português

Nota: O Manifesto do DiEM25 (Democracy in Europe Movement – Moviemento para a Democracia na Europa) foi apresentado dia 9 de Fevereiro em Berlim por Yannis Varoufakis e contou com a participação de vários convidados Europeus e extra-Europeus. Nesse mesmo dia foi também publicado online o manifesto do movimento. Visto que a página oficial do movimento não conta com uma tradução em Português, o Aventar decidiu traduzir a versão mais longa e publicá-la no blogue. Segundo o próprio site, o DiEM25 conta já com o apoio de 10.757 pessoas desde a data de lançamento.

O manifesto inclui não só críticas à actual estrutura da União Europeia mas também uma série de propostas que visam democratizar a UE. Esta é a primeira tradução integral do documento.

[Read more…]

%d bloggers like this: