Parece que há (mais) um relatório do FMI


relatório fmi

Imagem: PÚBLICO

Este tem a particularidade de, pela amostra, só apontar aspectos desagradáveis para os portugueses e, em particular, de seguir a corrente, à qual a direita se cola, de mais austeridade.

Já tivemos outros documentos do FMI a dizerem o oposto. A questão é porque é que não mereceram o mesmo destaque do relatório hoje divulgado.

Leituras:

Comments

  1. João Paz says:

    Estes agiotas nem mentir sabem. Agora devem estar a tentar salvar ; mais uma vez, o Deustch bank. Como é possível dizerem-se e desdizerem-se de forma velhaca e a Comunicação “Social” (e os sucessivos governos do PS e do PSD) lhes almofadem os golpes sem um protesto sequer (nem pio quando falam estas aventesmas que nem roubar sabem).

  2. fleitao says:

    Por falar em aventesmas, é engraçado lembrar que a Lagarde vai ter de responder perante a justice francesa por ter fechado os olhos a um caso de corrupção bem sério. Tudo gente fina…

  3. Jorge, levanto ainda outra questão. É esta:

    A nossa imprensa envergonha. Hoje saíram 3 relatórios do FMI relacionados com Portugal que abarcam vastas extensões do nosso panorama económico, no entanto resolve-se focar um ou dois assuntos.

    Uma pessoa comum não tem tempo nem conhecimento técnico para digerir as 199 páginas destes relatórios. Isso deveria ser trabalho da imprensa. Dissecar, pesar os prós e contras, sistematizar o que não estiver claro e deixar a avaliação para o cidadão.

    Lembro que, de uma forma muito sensível, estes relatórios acabam por moldar a política económica seguida em Portugal. (e por arrasto todas as outras).

    No entanto temos jornais, que se apresentam como respeitáveis, a seguir a linhas dignas de qualquer tablóide. Enfim, é triste.

    Para quem quiser aqui fica:

    • Martinhopm says:

      Muito oportuno o seu comentário. Mas quem é que de entre os portugueses, sabe da existência destes 3 relatórios? Procuro estar informado sobre a política nacional, e de nada sabia! E quem é que tem conhecimentos de inglês e técnicos para os ler e interpretar? Deveria ser a imprensa, sobretudo a económica. Mas não está ela a soldo do capital? A sua função, neste tempo e espaço em que vivemos, não é informar, não é esclarecer as pessoas, é precisamente o contrário, desinformar. Vejamos como estamos lindamente servidos: ‘Correio da Manhã’, ‘Observador’, ‘Sol’, ‘i’, ‘Expresso’ (que, juntamente com a SIC e SIC-Notícias) é o órgão oficioso (ou oficial?) do PSD? Já não falo dos económicos, que são a mesma trampa.

      • Vale o que vale, eu sei disto porque subscrevo um serviço (grátis) do próprio FMI. Basta ir aqui e seguir os passos normais, sempre que há qq de novo eles notificam por mail.

        Imagino que não faria grande mossa ao orçamento do FMI mandar traduzir isto para português… Numa busca rápida obtenho um preço de 30 EUR/página, neste caso ficaria em 6000. Uma trivialidade para o FMI.

Trackbacks

  1. […] ao leitor a possibilidade de concluir por si mesmo sobre os diversos assuntos. Mas, como bem referiu o Hélder, a nossa imprensa é uma vergonha. Não faz o que deve, antes optando pelo papel de fazedor de […]

  2. […] Mais umas perguntas a juntar a (mais) um relatório do FMI. […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s