A Operação Marquês segundo a SIC

Nos últimos dias a SIC emitiu uma série de reportagens sobre a Operação Marquês. Ficam aqui, para vossa conveniência, essas reportagens:

2018-04-16 – Arguidos da Operação Marquês têm até 3 de setembro para pedir abertura da instrução

[Read more…]

Panama Papers: à terceira será de vez, Expresso?

Em menos de uma semana, os famosos papéis do Panamá regressaram ao Expresso. Estranhamente, ainda não foi desta que a igualmente famosa lista de jornalistas avençados pelo saco-azul do GES deu à costa. Ontem foi a vez de José Sócrates, o homem que está em todas, cujo nome, avança o Expresso, foi incluído no relatório da Comissão de Inquérito do Parlamento Europeu sobre os Panama Papers. De estranhar seria se não fosse, ou não tivessem sido eles, os papéis, o momento Eureka da Operação Marquês. [Read more…]

O Expresso perdeu o pio há 345 e meio

O print screen que abre estas linhas foi sacado hoje, pelas 13:50h, quando esta posta acabou de ser escrita, pelo que se encontra já desactualizado. Trata-se do contador criado pela página de Facebook Os truques da imprensa portuguesa, que hoje regista a passagem de 345 dias e umas quantas horas, minutos e segundos desde que o Expresso anunciou a famosa bomba, que dava conta de uma lista de jornalistas avençados pelo saco azul do GES, revelada no âmbito do escândalo Panama Papers. Uma bomba que nunca detonou e sobre a qual o Expresso continua a recusar qualquer tipo de explicação objectiva. [Read more…]

Será que algum dos avençados dos Panama Papers ameaçou cortar a publicidade ao grupo Impresa?

Impresa

No dia em que se assinalam 100 dias desde a promessa do Expresso de revelar a lista dos jornalistas e políticos avençados pelo saco azul do GES, recupero este recorte que encontrei na página Os truques da imprensa portuguesa e que parece revelar algum aperto financeiro para os lados do império Balsemão, isto apesar do “prémio extraordinário de mérito de carreira” atribuído ao administrador Pedro Norton, no valor de 583 mil euros. Perante este sinal de aparente fragilidade nos cofres do maior grupo de comunicação social do país, vem-me à memória aquele célebre episódio em que Ricardo Salgado decidiu fechar a torneira da publicidade ao grupo Impresa e que me leva à seguinte conclusão, um tanto ou quanto conspirativa, reconheço: terá a lista do saco azul do GES nos Panama Papers algum grande financiador de publicidade no grupo de Balsemão para que, 100 dias depois, continue abafada?

100 dias depois, o Expresso continua em silêncio

PP

As horas passam, os dias passam, as semanas passam, os meses passam e não tarda muito começarão a passar os anos também. Era o grande escândalo do século, tudo que era cão grande estava lá metido, havia um saco azul do GES para pagar avenças a jornalistas e a grandes figuras de Estado e o colapso do sistema espreitava ao virar da esquina. O relógio, esse, não mais parou de contar. [Read more…]