Dívida externa aumenta 54% com Sócrates

Só em quatro anos, Sócrates aumentou em 54% a dívida externa passando de 43.2 para 97.2 do PIB!!!

Segundo o Boletim estatístico do Banco de Portugal de Março de 2009, constata-se que entre 2005 e 2008 a dívida externa atingiu uma meta alarmante.É um assunto de extrema gravidade que põe em perigo a capacidade do país poder fazer os investimentos necessários devido à maior dificuldade em obter financiamento e em piores condições. Já pagamos os empréstimos a uma taxa mais cara que a maioria dos nossos parceiros.

Ainda segundo o mesmo Boletim o crédito bancário aplicado ao imobiliário e á habitação foi dez vezes maior do que o aplicado à agricultura e à indústria.Estes números reflectem a política económica deste governo, especulativa em detrimento das actividades produtivas.

Desta forma o governo tem lançado no desemprego centenas de milhares de pessoas,destruindo a capacidade produtiva do país.Temos os bons e conhecidos exemplos dos empréstimos milionários e finos que a CGD tem efectuado para jogos na bolsa e controlo de bancos como o BCP.

Onde irá Sócrates e em que condições obter os empréstimos para levar avante os investimentos desastrosos do TGV, do aeroporto e da terceira ponte?

Comments


  1. Hummm. Deixa cá ver… talvez nas Novas Oportunidades.

  2. Luis Moreira says:

    O que é curioso é que ninguem fala deste número a não ser o Silva Lopes.O Medina Carreira calculou que temos que pagar 10 milhões de euros por hora, é quanto custa a dívida externa.E depois o governo está cheio de pressa para lançar obras que nem sequer têm qualquer efeito no desemprego a não ser daqui a dois ou três anos.

  3. As mentiras deste artigo! says:

    Este artigo diz muitas mentiras: todos nós somos responsáveis pela nossa dívida externa1º quando pedimos empréstimos à habitação, quando cobiçamos o plasma do vizinho e compramos um prestações, quando cobiçamos o último carro do vizinho e compramos um a prestações. Não foi Sócrates que aumentou a nossa dívida externa, mas nós e o aumento brutal dos combustíveis fósseis que foi muito mais elevado em 2008 e 2009 do que nos últimos 30 anos. Quem não sabe isto? Este artigo tendencioso esconde a verdade real.

  4. Luis Moreira says:

    Meu caro, o aumento da dívida resulta das políticas do governo que anda a distribuir dinheiro que não tem.

  5. isac says:

    uma coisa que acho estranho e preocupante é que os governos nunca são culpados de nada. os culpados somos sempre nós. a economia está lixada? o ambiente está de rastos? de quem é a culpa? nossa. Acho que andamos a apontar em demasiado o dedo para “nós”.


  6. […] Luís Moreira Aventar […]

  7. mariahenriques says:

    Pois mas ele há mentiras que são insuportáveis-como esta:

    quando nesta coisa da falta de vergonha tudo serve e e ninguém cora: E não têm vergonha na cara pois não?
    É natural

    http://bit.ly/dAOShp

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.