Feira da Primavera

O Concelho de Vila Nova de Gaia, pela sua história rural, continua ser um lugar fértil em tradições e marcas culturais que reflectem uma forte ligação à terra, à agricultura e ao artesanato, apesar das suas novas características urbanas. Ainda hoje é possível encontrar exemplos vivos dessa realidade, mas também iniciativas empresariais inovadoras, nomeadamente de Agricultura Biológica Urbana, que contribuem activamente para a valorização do património cultural e paisagístico do Concelho.

Nesse sentido o Cantinho das Aromáticas, como exemplo pioneiro da Agricultura Biológica Urbana, estando sedeado numa das Quintas históricas do Concelho apresenta um conceito inovador de mercado que baptizamos de “Feira da Primavera”.

A Feira da Primavera, que se realizará na centenária Quinta do Paço, Canidelo, durante quinze Sábados consecutivos, pretende assim valorizar e dinamizar um espaço de inegável beleza, oferecendo um mercado de produtos biológicos e ecológicos a todos os Gaienses.

Oferecemos neste espaço uma oportunidade para a divulgação de iniciativas, preferencialmente locais, que valorizem a história rural, cultural e paisagem do Concelho, com um mercado de produtos alimentares biológicos, produtos ecológicos, cosméticos naturais e artesanato que promovam um consumo e estilo de vida mais sustentável.

Esta feira terá também, todos os Sábados um conjunto de actividades ligadas à Agricultura Biológica, Meio Ambiente, Ecologia, Saúde e Cultura, sensibilizando a população para a importância destas temáticas, com a realização de Workshops, Tertúlias e Eventos de Animação Cultural.

Com tudo o que temos a oferecer ambicionamos aproximar as pessoas à Terra, contribuindo activamente na preservação e valorização de espaços verdes, como a Quinta do Paço, em Vila Nova de Gaia. No fundo propomos a “construção de um melhor ambiente e uma vida mais saudável”.

Pedro Rocha, Raízes

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Aqui em Lisboa já há varias lojas com produtos ecológicos, incluindo uma cooperativa de consumidores. A diferença nota-se.

  2. Carlos Fonseca says:

    Saúdo Gaia e a iniciativa. Dado tempo de funcionamento, vou tentar fazer uma visitinha. Moro em Lisboa.

  3. maria monteiro says:

    Em Lisboa nos mercados já se encontram bancas de produtos biológicos assim como espaços próprios nos supermercados… Até a minha mercearia de bairro já tem o seu cantinho.
    As lojas de produtos ecológicos são uma tentação e tenho que estar sempre atenta aos gastos
    Luís, quanto à cooperativa de consumidores não sei onde fica

  4. maria monteiro says:

    naqueles armazéns de quem vai para o Prior Velho? tenho que lá ir espreitar…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.