Sugestões a Passos Coelho – as privatizações

Para onde vai o dinheiro das privatizações? Para manter os erros, os vícios, as mordomias, os desperdícios? Se é, as privatizações são um péssimo negócio, vendemos os anéis e ficamos com os problemas todos, nem um resolvemos.

Mas o dinheiro das privatizações pode ser bem aplicado, e assim, a saída do Estado da economia já pode ser uma coisa boa. Por exemplo, utilizar o dinheiro para baixar a dívida, os juros vão subir, o serviço da dívida é monstruoso, está ao nível do que gastamos no SNS em relação ao PIB, é como ter dezenas de hospitais, pagar vencimentos a milhares de profissionais , ter a despesa de tratar milhões de pessoas, é isso o serviço da dívida anual.

Se esse dinheiro não for sujeito a uma discussão e a uma decisão na Assembleia da República,  vai-se evaporar no desperdício, nos mega projectos sem retorno, no TGV, nas autoestradas em duplicado, nas parcerias público.privadas, nos vencimentos milionários…e ficaremos sem empresas e sem dinheiro!

Utilizar esse dinheiro para sanear empresas com potencialidades e fechar as que têm que ser fechadas, pagar indemnizações a quem quizer sair para trabalhar por conta própria, modernizar e apoiar as empresas exportadoras e com tecnologia de ponta. Estão inscritos no Orçamento para o TGV 900 milhões de euros enquanto se vai dizendo que o projecto é para adiar.

Fazer um levantamento sério dos serviços que estão em duplicado, que não têm razão de existir, e terminar com eles. Sem esse trabalho prévio, as privatizações ( com as quais eu concordo) vão servir exclusivamente , para manter os erros que há muito existem.

Comments

  1. maria monteiro says:

    “Mas o dinheiro das privatizações pode ser bem aplicado”… é verdade Luís, mas a tentação ainda é maior… o bem aplicado lá vai cair no bolso dos de sempre

  2. Talvez... says:

    O melhor seria privatizar apenas o que dá prejuízo. O que dá lucro sempre entra no Orçamento de Estado. Lembro que a Caixa Geral de Depósitos contribuiu com mais de 350 milhões € para o Orçamento este ano, que foi um mau ano para a banca (mau ano, leia-se, ano menos bom).

  3. Luis Moreira says:

    Mais dinheiro só serve para manter o desperdício…

  4. Talvez... says:

    Então, as privatizações não serviriam para nada. Quem consegue gerir bem o dinheiro das privatizações, também consegue gerir bem os rendimentos das empresas públicas.

    • Luís Moreira says:

      A ideia é que o dinheiro das privatizações seja obrigatoriamente aplicado no serviço da dívida…

  5. Talvez... says:

    Também o pode ser o lucro das empresas públicas.

  6. João Mendonça Gonçalves says:

    Julgo que pela Lei de Enquadramento Orçamental – art. 17/2 alínea a, e segundo a Lei Quadro das Privatizações – art. 16º, as receitas provenientes das reprivatizações terão obrigatoriamente como destino: a amortização da dívida pública ou do sector empresarial do estado; para pagamento de nacionalizações ou novas aplicações de “capital no sector produtivo” (seja lá o que exactamente este último seja..).
    Por lei, as receitas provenientes de tal operação não poderão fugir a estes limites.
    Não poderá ser utilizado para mordomias.

  7. Talvez... says:

    João Mendonça Gonçalves :
    novas aplicações de “capital no sector produtivo” (seja lá o que exactamente este último seja..).

    Eu também não imagino para que seja, mas imagino que nas cabeças de certos deputados o TGV seja aplicação de capital no sector produtivo. E o dinheiro das compras de automóveis também vai para o sector produtivo. Não é o sector português, mas é o sector produtivo.
    Além disso, também se podia fazer nova lei a dar semelhante destino (amortização da dívida) aos lucros das empresas estatais.


  8. Mais um treinador.

  9. Luis Moreira says:

    O problema é que a taxa de juro vai duplicar até ao próximo ano o que quer dizer que a hemorragia do serviço da dívida ainda vai ser maior. esperar pelos lucros é estar a trabalhar para dar o dinheiro aos credores internacionais. Estão 900 milhões de euros inscritos para o TGV. A CGD não deveria ser privatizada mas tambem não deveria andar a fazer negócios com os especuladores e a meter-se no equilibrio entre accionistas de grandes Grupos, deveria, isso sim, dar “o padrão” para a actividade bancária , mantendo as margens de intermediação razoáveis e ser a alavanca das PNEs exportadores e inovadoras. Mas isto é para hoje, não é para os lucros futuros…

  10. Pedro Rocha says:

    Muito falam os economistas. Mas são os engenheiros que põem o pais a andar.
    Se não fosse assim, provavelmente ainda estaríamos a discutir o rendimento marginal de viver em grutas face ao viver nas árvores.
    Mais investimento, mais conhecimento, maior riqueza, melhor qualidade de vida.

  11. maria monteiro says:

    “Mas são os engenheiros que põem o pais a andar” –> andar sim mas… à deriva

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: Sugestões a Passos Coelho – as privatizações: Para onde vai o dinheiro das privatizações? Para manter os erros, os… http://bit.ly/cGZuLS […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.