O discurso do próximo primeiro-ministro


Foi um bom discurso. Pedo Passos Coelho mostrou segurança e apontou um rumo. Não mostrou sede de poder, embora todos saibamos que a tem, e não referiu uma única vez o nome de José Sócrates ou a expressão primeiro-ministro.
A partir daqui, ninguém pode dizer que o PSD não tem ideias para o país. Tem-nas. São más, mas a verdade é que as tem.
Pedro Passos Coelho clarificou e demonstrou que, sob a sua liderança, o PSD será um Partido de Direita. Muito de Direita, com as privatizações, a saída do Estado da economia, a livre escolha dos cidadãos na educação e na saúde.
O próximo primeiro-ministro de Portugal é demasiado liberal para o meu gosto. Da forma que o vento sopra hoje em dia em Portugal, acredito que vá ter sucesso.
Nunca pensei vir a dizer isto, mas com Pedro Passos Coelho, até José Sócrates parece de Esquerda.

Comments

  1. Luis Moreira says:

    Privatizar empresas que servem para encher, os Rui Pedros, os Mexias, Varas… e para controlar a economia e a comunicação social, é ser de direita? Então ser de esquerda é o Estado encher meia dúzia de amigos socialistas? Tornar o país mais injusto?

  2. Carlos Fonseca says:

    Ricardo, um dia destes assinas a ficha. Como dizia o Brito Camacho, “a m….. é a mesma, as moscas é que mudam”.

  3. António Chitas says:

    Infelizmente não só é demasiado liberal, é tudo o que uma democracia (não a democracia do voto) não precisa, um egocentrismo triste e uma copia do “nosso” 1º, concerteza aconselhado pela empresa de comunicação do sr. Bush.
    Ser de esquerda não é privatizar, ser de esquerda é manter empresas publicas fortes no mercado para fazer regulação desse mercado. Ser de esquerda não é pagar salarios escandalosos e obscuros a dirigentes e pseudo-consultores. Ser de esquerda não é mesmo nada “parecido” com o que temos, e pior ficamos com o que se alvitra que vai vir.

  4. Ricardo Migueis says:

    Ele tentou, mas os comentários ilustram bem que ainda não conseguiu definir-se sem que essa definição seja feita em função do grau de distinção quando comparado com Sócrates. Se conseguir afirmação com coerência, terás fortes possibilidades, se não conseguir, quando chegar a altura de disputar as eleições terá um grande azar, é que quem as vai disputar com ele não será Sócrates…

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: O discurso do próximo primeiro-ministro: Foi um bom discurso. Pedo Passos Coelho mostrou segurança e apontou um r… http://bit.ly/dy7xKH […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.