Jónsi – Go Do:

Ele há coisas tão boas, mas mesmo tão boas, que é pecado não as partilhar: o novo trabalho de Jónsi!

O Checo sem papas na língua e Cavaco encavacado

O Presidente Cavaco sofreu um soco no estômago. Foi, de certeza, muito indigesto ouvir o homólogo checo, Václav Claus, classificar de ‘inimagináveis’ os deficits que alguns países atingiram – notícia SIC online.

Assumiu o aspecto de uma descortesia, embora sincera, da qual o Prof. Cavaco Silva se defendeu inabilmente. Retorquiu que o importante era estabilizar a situação na Grécia pelos perigos que ela comporta de contágio. Mesmo com aprumado respeito pelo protocolo, se o caso fosse para divertir, diríamos, a sorrir, ter-se tratado de troca de palavras entre duas personagens desentendidas nos discursos, mas hipócrita e simultaneamente cordiais entre si. Na cruel linguagem popular, talvez alguém ousasse dizer tratar-se de uma conversa de doidos.

A tese do contágio grego, à laia da ‘gripe das aves’ ou do H1N1, é no mínimo disparatada. Se o nosso PR, ou algum seu conselheiro, tivesse lido hoje New Yor Times, julgo que teria tido outra postura perante a crítica de Claus. Olhava para o lado e falava do tempo, por exemplo. É que a débil situação de Portugal, para além de muito preocupante para os portugueses, é notícia que corre mundo e não pode varrer-se para debaixo do tapete do ‘contágio grego’.

 

Presente e futuro da Advocacia: uma questão de República (9)

Continuando o que escrevi aqui.

A Justiça além de cega, está surda, por isso nem se preocupa com quem espera e desespera.

Apesar das inovações introduzidas ao nível informático, de todo os meios de consulta e de comunicação à distância que foram postos ao serviço dos tribunais – com especial relevo para a aplicação informática “Citius”, que permite a gestão dos processos em tribunais de 1ª Instância, em matéria Cível, por Magistrados, Funcionários Judiciais e Advogados, em tempo real -, os entraves continuam a existir, por diversas razões (além das já abordadas nesta série de textos).

O “Citius” não abrange outras matérias além do Cível, nem permite, mesmo em matéria Cível, a sua utilização por parte dos Advogados nos demais graus jurisdicionais para além da Primeira Instância (ou seja nas Relações e no Supremo). Nem se encontra harmonizado com o “Sitaf – Sistema de Informação dos Tribunais Administrativos e Fiscais” – que permite a tramitação de processos em suporte electrónico nos Tribunais Administrativos e Fiscais, ainda para mais a funcionar com diversas dificuldades correntes.

[Read more…]

A Grande Paróquia

portugal

Imagens de Abril: 25 de Abril – Dia da Liberdade – 1979

"Cortar as pernas" a Mexia o melhor CEO

A Assembleia Geral da EDP não aceitou a proposta do governo de redução do vencimento do Presidente da empresa, o que se reveste de enorme prejuízo para o próprio porque tem em carteira convites muito melhor pagos .

Entretanto, um parecer do Dr. Rui Pena, distinto advogado da praça, fez saber que o Estado não tem competência para propor o quer quer seja em termos de vencimentos e bónus, porque isso é matéria da competência da Comissão de Remuneração!

E assim se estraga a vida profissional e a conta bancária do melhor CEO da Europa nas telecomunicações.

A impossivel subordinação

Para Paula Iturra van Emden, que me ensinou a sentir e não apenas a pensar

1. A ideia

É quase evidente, é quase uma verdade que grita, o facto dos pequenos serem educados pelos adultos como se a eles pertencessem, como se fossem da sua propriedade, até uma coisa, diria eu. Uma coisa que deve ser estruturada conforme as formas de pensar e agir dos adultos. Um dever, o estruturar, o comportamento infantil à maneira que o adulto entende o mundo. Tenho observado ao longo dos meus anos de trabalho de campo, o facto da subordinação dos mais novos aos adultos, no lar ou nas instituições para as quais são enviados para aprenderem a teoria da cultura do seu grupo social. Uma subordinação definida por mim já há alguns anos, como a sujeição sem alternativas, na medida em que o adulto ao pretender retirar ao mais novo as várias alternativas retira-lhe, assim, a capacidade de optar. Até ao ponto de existirem adultos que escrevem o que deve ser feito, e quando, para organizar o processo de subordinação que estruture a personalidade. [Read more…]

PEC : Em greve!

Greves ! Tudo por conta do PEC – Programa de Empobrecimento do Contribuinte.

Até ao dia 1 de Maio manifestações e concentrações de trabalhadores e oito greves na Função Pública! Os transportes vão ser os mais afectados com as principais empresas do sector a ter paralisações até ao final de Abril. Depois da greve dos revisores da CP de ontem, a partir das 3 da manhã de hoje vamos ter a dos funcionários dos transportes do Sul, por congelamento dos salários numa empresa altamente lucrativa.

Para além das greves no sector dos transportes temos ainda as greves dos trabalhadores da Petrogal, da Gás de Portugal, mineiros da Panasqueira, CTT e da empresa Proundmoments ????

Sempre quero ver como é que as empresas vão poder pagar os vencimentos aos gestores…

Se não fossem os mineiros da Panasqueira e a empresa Proudmoments, estava contra!

Acordo Ortográfico Português-Brasileiro

Tudo nos é familiar,a nós, aos portugueses de cá, tudo. Mas “serigaitar” quer dizer exactamente o quê? Tem algo a ver com “viagens-fantasma”?

A Galp às bombas

A Galp abastece todos os postos de abastecimento porque é a única petrolífera que tem refinação. Já aumentou, este ano, em dez ocasiões o preço dos combustíveis e vai continuar a aumentar a não ser que os camionistas façam novo bloqueio. Para já ,temos aí uma greve de três dias dos trabalhadores  que querem aumentos salariais de 2.8% e a empresa só quer dar 1.5%.

Para além disso, exigem participação nos lucros, mas segundo o porta voz da empresa os últimos anos foram particularmente maus, o lucro foi de apenas 200 milhões e ficando abaixo dos 300 milhões não há participação. Estas exigências põem em causa a solidariedade devida para com o futuro da empresa, diz o engº da “pronúncia” esquisita, devida aos muitos anos de trabalho nos petróleos da Venezuela.

As razões da greve são “injustas e ímpossiveis de satisfazer” refere o Presidente, e afirma “que os trabalhadores nos dois últimos anos tiveram ganhos reais de poder de compra”. Acresce que a greve vai ter consequências nefastas no andamento dos investimentos em curso nas refinarias e às paragens técnicas, a que os representantes dos trabalhadores respondem com um “insulto ao conhecimento e inteligência” dos trabalhadores.

É melhor testar o depósito, o presidente da empresa já ameaçou “ir às bombas” isto é, encerrá-las! Quanto ao pagarmos a um preço elevadíssimo os combustíveis, é preciso ter em conta “que antes do imposto somos muito competitivos…”

É um alívio para quem compra!

Apontamentos do Douro (5)

(Rio Douro, da Régua ao Pinhão)

Desdramatizar o bullying

Vamos lá ver uma coisa: o ‘bullying’ existe desde há muito. Se calhar, desde sempre. Basta haver criança e jovens, que, como se sabe, podem atingir interessantes níveis de crueldade entre eles.

Agora chama-se ‘bullying’, dantes chamava-se ‘pegar com…’ ou, nos casos mais radicais, ‘chatear os cornos a…’.

É chato, é tramado, ninguém gosta de ser alvo do dito cujo mas é uma realidade da qual será difícil fugir, a não ser isolar as crianças e jovens em redomas.

Os miúdos de antigamente enfrentaram a coisa e ultrapassaram o drama. Uns melhor, outros pior. Os de hoje só têm de fazer o mesmo. O problema é que a maior parte dos miúdos de hoje, graças à sociedade em que vivemos, não tem arcaboiço para isso. Esta é que é a realidade.

Alguma coisa PPC deve estar a fazer bem

Tenho o costume de várias vezes por dia (conforme o tempo que tenho) fazer uma revista aos blogues mais conhecidos e ver o que se vai publicando.  E consegui apreender, de uma forma clara, 3 momentos que se sucederam após a vitória de Pedro Passos Coelho:

1.- Os Bloggers afectos ao CDS ficaram nervosos logo no dia 27 de Março;

2.- Os Bloggers afectos ao PS demoraram mais uns dias a ficar nervosos;

3.- Os Bloggers afectos ao CDS com o passar dos dias alteraram o seu estado de nervosos para em pânico.

Segundo fontes normalmente bem informadas (não sei quem sejam), os Bloggers afectos ao PS vão também alterar o seu DEFCON para borradinhos de medo.

E agora uma cantiga facista

De que muito gosto. É duns gajos a quem chamávamos Heróis ao Mar.