Portas estupefacto e eu submerso

Gosto da palavra estupefacto, especialmente quando aplicada a Paulo Portas. Fico logo submerso.

PSD @ Congresso 2010 #5:

Ups, piraram-se todos!!! Vou jantar!!!

PSD 2010 Congresso 2010 #4:

O Vídeo do Ano, forte candidato ao grande prémio das curtas de Vila do Conde 2010:

ESTE

PSD 2010 Congresso 2010 #3:

Ok, feitas as pazes e devolvidos os lugares, vamos ao ataque:

PSD @2010 Congresso #2:

A prova do crime da vizinhança….a seguir, o homem que tomou de assalto o nosso lugar e que depois de expulso ocupou o do Albergue.
Isto está bonito está. Pum! Pum! Todos no Lombo.

PSD @2010 Congresso #1

O Aventar já está no Pavilhão dos Lombos entalado, salvo seja, entre o Albergue e o 31 da Sarrafada e depois de expulsar o 31 da Armada! E já tenho uma rolha na mão!!!!

Presidente Obama – já valeu a pena !

Com a entrada de 40 milhões de americanos pobres no Sistema Nacional de Saúde, feito que muitos tentaram mas mais ninguem conseguiu, Obama dá, internamente, esperança a quem apostou na sua eleição.

Com o tratado de não proliferação nuclear assinado hoje com a Rússia que  diminuiu em 74%  as ogivas nucleares na posse de ambos os países, Obama dá esperança a quem, externamente, rejubilou com a sua eleição.

Para certa Direita nada vale a pena porque o paraíso há muito que está alcançado, para certa Esquerda nada vale a pena porque há muito que o destino é o inferno!

Mas a vida mostra todos os dias que há razões para haver esperança. Obama é capaz! Obama merece!

yes, we can!

Congresso do PSD / Carcavelos 2010 #1:

A não perder, a partir de hoje e até Domingo, no Aventar: Em directo do Congresso do PSD. Acompanhe connosco e saiba tudo em primeira mão.

Até Já!

Passos Coelho – hoje é apenas o dia da partida…

Umas centenas de milhares de portugueses, em que me integro, encaram os políticos com grau de desconfiança elevado. Pedro Passos Coelho (PPC), como qualquer outro, não se furta a este estigma.

O jornal ‘Público’, perfil de Passos Coelho, disponibiliza detalhado historial da vida do dirigente social-democrata, incluindo aspectos de âmbito privado. O jornal cita amigos, com destaque para Miguel Relvas, Ângelo Correia e Vasco Rato, classificando PPC como líder natural, racional, gestor, tímido e barítono – uma salada interessante, a que se adiciona o epíteto de ‘liberal’, esse amplo vazio ideológico, cujos contornos e conteúdos são sempre incognoscíveis quando restringidos a intenções e propósitos de um político, em sentido prático.   

[Read more…]

rebobina-me, mãe

filha que foge desencontros dos pais, no melhor esconderijo, colo da mãe

Esta é uma história real Acontece sempre. Texto que tinha guardado, mas vi-me obgrigado a publicar por motivos privados. A menina era assim, antes de entender de desencontros, mas procurei esta foto inocente para defender os seus direitos.

Os senhores leitores devem estar habituados a ler o que escrevo sobre os direitos das crianças. Não apenas por eu ser membro da Amnistia Internacional e colaborador da organização Human Rights Watch. O motivo real é, fundamentalmente, porque as crianças não têm apenas direito à paz, à alegria, à calma, ao respeito por parte dos pais, mas também à capacidade de serem entendidas por eles e de receberem respostas adequadas à idade da sua epistemologia.

O direito mais importante de uma criança é o de ser entendida dentro do que é a sua experiência, dos seus conceitos, luta infatigável que tenho empreendido ao longo dos anos e que me tem levado a escrever imensos livros sobre as crianças. Tenho vivido com elas na Europa do Norte, Europa do Sul, em África e na América Latina. Em todos esses sítios aprendi que a criança vive obrigada a suportar os desafios entre adultos, que mal entende. Como Maria. Que adora a sua mãe e o seu pai, que gosta de ser aconchegada por eles, de receber palavras doces e meigas, de brincar à Tölkien com os adultos e não gosta de ser sistematicamente afastada da presença dos seus, com seu querido e pequeno discurso de amor e de procura de protecção. [Read more…]

Rubi de fogo

Deram-me um dia um rubi de fogo, quente como o sol quente de um dia quente de Agosto.

Pedra de sangue cintilava de esperança na desesperança do anoitecer sem sol de outro dia.

Montado o cenário, tornava-se necessário vestir Psique e expô-la sobre um rochedo no cimo da montanha.

No fundo do extenso vale, inebriante, meu anel refulgiria, meu anel vincular, fusão de liberdade e poesia, encarnando desejos que não sabiam esconder-se, pulsão fundamental integrando todas as diferenças.

Febre de Eros iluminando a consciência, meu anel infinito, círculo de imensidão, centro do ser, derrota de mundos e medos roubando o tempo às formas de morrer.

Anel de Salomão, anel de Nibelungo, religando vontades no mais belo sorriso do mundo.

Rubi de fogo, o olho da serpente ao fim da tarde quente, ainda ardente.

Conselho aos de Valença a propósito de bandeiras

Bom Povo de Valença:

Lamento, mas com as bandeiras que estais desfraldando nas janelas não ides lá. Experimentai estas:

Bandeira Civil da Galiza

Bandeira Civil da Galiza

Bandeira de Estado da Galiza

Bandeira dos Nacionalistas Galegos

Bandeira dos Nacionalistas Galegos

E se mesmo assim não resultar, há governantes que não entendem estas coisas dos nossos irmãos galegos, com esta vereis abertos dois SAP’s, uma maternidade e um abrigo nuclear do tamanho da vossa fortaleza, paga Madrid:

http://www.rtve.es/swf/v2/RTVEPlayer.swf?assetID=152052_es_videos&location=embed

Continuação

.

.

A palavra pressupõe mais qualquer coisita antes ou depois, mas na verdade é usada e abusada de uma maneira insólita… sem mais nada!

Que raio de vocábulo para estar sozinho.

Isolada de tudo e de todos, é assim uma espécie de ordem atirada à cara de quem a ouve, dita de forma quase acintosa.

Posso até entendê-la como um insulto, já que a sinto dardejada.

E desta forma solitária quer dizer o quê ? Ninguém parece saber.

Quando ma atiram e eu returco [Read more…]

Jesus mudou e mudou mal

Jesus, com a mudança que fez no centro da defesa estragou tudo, não só porque tirou o defesa mais rápido, colocando no seu lugar um peso pesado à medida de Luisão, mas tambem porque foi pela direita do ataque da equipa inglesa que os golos foram construídos.

Quer dizer perdeu-se um grande defesa central e não se ganhou um defesa esquerdo. Nestas condições o Benfica ficou desde logo perdido à mercê dos rápidos contra ataques de Torres e companhia. É presisamente nos grandes jogos que a equipa não deve inventar, tem que jogar com as suas rotinas, com os jogadores com mais jogos nas pernas.

Di Maria esteve desinspirado, Ramires foi uma sombra do todo terreno habitual, Aimar nem de longe fez esquecer Saviola e Javier, qual bombeiro, acudiu ao que pode. Carlos Martins e Amorim estiveram à altura das circunstâncias o que é muito curto para uma equipa com ambições de chegar a uma final europeia. E outra certeza que se confirma, sem um guarda redes de classe ninguem ganha nada a nível europeu (por acaso isto tambem serve para a selecção)

Jesus, desta vez não foi o salvador, mexeu onde não devia!

Eu bem desconfiava…

…para não dizer que tinha quase a certeza. Esta é uma das razões pelas quais sou céptico em relação à regionalização em Portugal.

Como Se Fora Um Conto – Natália, a Cigana

Natália era cigana. Vivia num acampamento no meio do pinhal, lá para as bandas de Albergaria. Não teria mais de quinze anos e era muito bonita e vistosa.

Como qualquer uma na sua situação, passava por muitas dificuldades. Havia dias em que faltava a comida. Havia dias em que faltava todo o resto. Nesses dias ela sentia falta da escola onde já não ia há mais de quatro anos. O trabalho de apanhar gravetos no pinhal, de lavar a roupa da catrefada de irmãos, de procurar água para se lavar ou comida para se alimentar, de ajudar os pais na sobrevivência do dia a dia, eram mais importantes que a aprendizagem numa qualquer escola.

Natália tinha uma amiga dos tempos da escola. Leonor não era cigana nem passava dificuldades como as de Natália, mas trabalhava de sol a sol, nas lides do campo, nas lides da casa, nos estudos que sabia importantes para o seu futuro. A amizade das pequenas era tal que Leonor, tinha permissão de [Read more…]

Sons de Abril: Carlos Puebla – Adelante Portugal


Carlos Puebla foi um cantor cubano, autor do célebre «Hasta Siempre, Comandante». Em 1978, publicou o LP «Adelante Portugal» – uma homenagem aos portugeses e à Revolução de Abril. «Daqui de Cuba, dizemos Adelante Portugal!»

O petróleo está a 85 USA dólares /barril

O petróleo com avanços e recuos não cessa de subir, já vai nos 85 dólares e com a desvalorização da moeda verde dos USA, as nossas economias têm aí um factor de perturbação muito forte. Sempre que o petróleo tem uma escalada no preço, não falta quem jure que agora é que se vai investir em energias alternativas,  nos automóveis electricos e na energia nuclear. Logo que o preço dá sinais de estabilidade,  lá vem novamente a ideia que vamos ter petróleo fácil e barato.

As guerras em várias partes do Mundo só se justificam por causa do ouro negro, os novos poços encontrados são de extração dificil e cara e todos, produtores e consumidores, não têm dúvidas que o petróleo vai ( já está)  inclinar o eixo económico para vários países emergentes. Os que têm petróleo e os que para saírem do subdesenvolvimento precisam tanto dele como de pão para a boca de grande parte da sua população faminta. E não se peça a estes países que contenham por mais tempo as legítimas expectativas de melhor nível de vida da população, sob pena de se iniciarem gravíssimas perturbações mundiais. Já há quem aponte o desmembramento da China, a prazo, se o seu sistema não der resposta satisfatória às necessidades da população.

A procura, com as necessidade cada vez maiores da China, do Brasil e da Índia, vai sofrer grandes incrementos com a concomitante subida do preço e a UE, sem matérias primas, vai ter que estar na cabeça do pelotão na inovação, na procura de novas fontes de energia, na tecnologia “massa cinzenta”, nos serviços…

Mas quando o petróleo por algum tempo admite alguma estabilidade no preço, logo aparecem os que acreditam que as energias alternativas ainda são demasiado caras e o nuclear demasiado perigoso!

Caro e perigoso é o petróleo!

Congresso do PSD em Carcavelos:

A não perder, a partir de hoje, no Aventar: Em directo do Congresso do PSD.

Apontamentos de Boticas (5)

(Boticas, Distrito de Vila Real)