O mentiroso compulsivo


Novembro de 2009


Maio de 2010

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/U8PtPRsVKRKgh6MBNMpy/mov/1
Junho de 2010

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/Y4uqdNZISukLC7cYrbYW/mov/1
Setembro de 2010

Sócrates em 4 fases: Novembro de 2009, Maio de 2010, Junho de 2010 e Setembro de 2010. Por isso ontem, quando o mentiroso compulsivo disse que não serão necesárias medidas adicionais, só deu mesmo para rir.
O mentiroso compulsivo continua a sua ofensiva contra os trabalhadores. Nos 400 milhões de contos de benefícios fiscais da Banca, não toca. Nas grandes fortunas, não toca. Coadjuvado pelo mais incompetente Ministro das Finanças da nossa história, o crápula-mor mostra uma grande coragem. A que não teve quando, no auge da crise e em ano de eleições, aumentou os funcionários públicos em quase 3%. A coragem que já amanhã Carlos Magno vai louvar até ao vómito (vai uma aposta?)
Escrever em blogues e não ter uma agenda política dá nisto. Resisti até hoje porque, se escrevesse ontem, teria de lhe chamar de tudo. Assim, fica mais suave. Mentiroso compulsivo não é um insulto. É apenas a característica mais marcante da personalidade deste primeiro-ministro.

Comments


  1. Também já me ocorrera a curiosidade sobre qual será o discurso do Carlos Magno amanhã no Contraditório. Vamos ver.

Deixar uma resposta