Pensem nisto antes de votarem a 5 de Junho:

Legado do Governo PS de Sócrates:

1 – Pior dívida pública dos últimos 160 anos (mesmo não incluindo PPPs e empresas públicas).
2 – Pior taxa de desemprego dos últimos 90 anos (duplicou em 6 anos)
3 – Maior dívida externa dos últimos 120 anos
4 – Dívida externa bruta em 1995 de 40% do PIB
5 – Dívida externa bruta em 2010 de 230% do PIB
6 – Dívida externa líquida em 1995 de 10% do PIB
7 – Dívida externa líquida em 2010 de 110% do PIB
8 – DÍVIDA PÚBLICA em 2005 = 82.000.000.000€
9 – DÍVIDA PÚBLICA em 2010 = 170.000.000.000€
10 – Últimos 10 anos = 3º país do mundo com PIOR CRESCIMENTO ECONÓMICO (atrás do Haiti e Itália)
11 – Últimos 10 anos = 4º país do mundo com MAIOR CONTRACÇÃO de DÍVIDA.
12 – Actualmente no 4º lugar do TOP dos PAÍSES DO MUNDO EM RISCO de BANCARROTA
13 – Em 2011 só PORTUGAL, Grécia e Costa do Marfim estarão em recessão no MUNDO
14 – Em 2012 só PORTUGAL estará em recessão no MUNDO.

Comments

  1. montenegro says:

    No casamento do neto da Rainha Isabel – dizia o comentador da TVI – a Inglaterra passava por uma crise que não tem paralelo aos ultimos 50 anos – ele não falava da 2 Guerra, falava dos anos 50/60.

    Os EUA, injectou ou vai injectar, 80 Biliões de dol – dizem as autoridades locais, a “injecção” é 10% daquilo que precisam – eu tenho 3 pessoas de familia que são reformadas pelo estado da California – os USA vivem uma crise que só comparavel a 1917.

    Falo de 2 países poderosos e que, economicamente, estamos dependentes.


  2. Desaconselho quem quer que seja a votar no Sócrates, ~mazs a mistura de verdades com mentiras contidas neste post revelam que a seriedade de muitos eleitores fica ainda àquem da desonestidade e da corrupção política. São os métodos por aqueles que se criticam. É ser-se igual a eles. É provar que se merece o que se tem («casa povo tem o governo que merece»).

    Não se pode falar na «herança de Sócrates» e esconder a herança do Cavaco, mil vezes mais grave. Não se pode falar da altíssima taxa de desemprego quando toda a gente sabe que a indústria, a agricultura, as pescas e outros meios de produção foram destruídos pelo Cavaco. A dívida tem a sua origem, etc. Nem vale a pena continuar mais.

    O que sei é que na altura em que a origem da crise actual estava a ser processada, como não emprenho pelos ouvidos com as frases de marketing político, e em comparação com o que observava no modo como os outros países estava, a usar os fundos de coesão europeus, disse a todos que me ouviam que se estava a destruir o futuro de Portugal. Ora, riam-se, gozavam, achavam-me tolo ou pelo menos ingénuo. Ficou tido escrito há anos em http://www.leaopelado.org/estado.htm. Por isso que Por isso que agora não tenho pena nenhuma dum povo que escolheu o seu destino com tanta certeza. Agora sou eu quem se ri dos atrasados mentais e diz que o buraco é tão grande que é preciso ser-se de novo estúpido para se acreditar que a miséria acabará em 2013 ou 14!

    Claro que a crise mundial não é a causa da nossa, como disse atrás, mas de que a agravou bastante, disso não resta dúvida a que não seja cego nem corrupto.