Recordar para Mudar #1:

Comments

  1. Paulo Martins says:

    Estou para ver como vão ser as coisas nos próximos anos, com todo o poder nas mãos da direita (…sim existem mais diferenças do que muita gente nos quer fazer crer).
    Posso estar enganado e não quero repetir as palavras de uma determinada pessoa, mas talvez porque a vida também nos ensina alguma coisa, já não me costumo enganar muito.

    • jorge fliscorno says:

      Já agora, como é que foram os últimos 13 de 15 anos do poder todo na esquerda? Ah sim, o desemprego subiu em flecha, os apoios sociais foram cortados e há milhares sem médico de família (logo com acesso hiper-limitado ao SNS). E fomos à bancarrota.

  2. Paulo Martins says:

    Do SNS e do meu médico de família é que não tenho mesmo nada a apontar, só posso dizer bem, de cada vez que preciso sou rapidamente e muito bem atendido, e muitos notarão que houve nos últimos anos imensos progressos.
    É também justo falar dos cuidados continuados, hoje os mais idosos podem ser tratados até aos seus últimos dias com a mesma(ou melhor) qualidade e dignidade que estava reservada a quem tivesse muitos milhares de euros para desembolsar, soube-o não de qualquer propaganda mas de relatos de pessoas amigas ficaram muito bem impressionadas.

    Milhares de pessoas não têm médico de família, mas uma grande parte porque nunca tratou disso, atualizar morada é o primeiro passo (como eu tive de fazer há uns anos).

    Os nossos números não são animadores, mas olhando para a vizinha Espanha… foram hoje divulgados os novos dados do desemprego: passou de 21% (dados anteriores) para os 30% de desempregados! Desconfio que se tivéssemos tido as políticas liberais que aí vêm, estaríamos também por aí…


    • foram hoje divulgados os novos dados do desemprego: passou de 21% (dados anteriores) para os 30% de desempregados!

      De certeza? De qualquer forma o desemprego em volta dos 20% é simplesmente catastrófico.

    • jorge fliscorno says:

      Milhares de pessoas não têm médico de família, mas uma grande parte porque nunca tratou disso, atualizar morada é o primeiro passo (como eu tive de fazer há uns anos).

      Você merece ser insultado. A verdade é que milhares de pessoas, eu incluído, não têm médico de família porque não há médicos de família.

      Os nossos números não são animadores, mas olhando para a vizinha Espanha… foram hoje divulgados os novos dados do desemprego: passou de 21% (dados anteriores) para os 30% de desempregados! Desconfio que se tivéssemos tido as políticas liberais que aí vêm, estaríamos também por aí…

      Estaríamos também por aí? O cavalheiro não quer dizer qual é o governo espanhol, não? Pois eu digo: socialista.

  3. Sondador says:

    Chega de sondagens interesseiras! Vota e partilha a Sondagem Independente!
    http:// adf.ly/1eF26

  4. Sondador says:

    Chega de sondagens interesseiras!
    Vota e partilha a Sondagem Independente!
    http:// adf.ly/1eF26

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.