Escherichia coli: “os atingidos comem esterco”

Mas o que é que leva a comunicação social a dar tanta importância a uma bactéria, que se lembrou, e muito bem, em adquirir novas características, provando que, afinal, a evolução existe? Quando surge algo de anormal (?) nada melhor de que obter dividendos financeiros ou, então, dar cabo da economia de uma qualquer região ou atividade. Coitados dos pepinos, coitados dos produtos vegetais, coitados dos contribuintes, e lá se foram para o esterco centenas de milhões de euros e o aparecimento de mais crises económicas. Mas há lucros? Claro! Quanto mais olhos, quanto mais ouvidos para estes assuntos, melhor.  (…)

Leia Olá escherichia coli. Tudo bem? de Massano Cardoso, num jornal da província agora perto de si. Em Coimbra costumávamos guardar a ciência na aldeia, mas depois do choque tecnológico já partilhamos.