Feliz 2012

Quando se deseja, deseja-se o melhor. Não se deseja o possível nem essa outra equivalente vertente de se desejar um feliz 2013. Os nossos desejos são o que quisermos e não o que se pode vir a ter. Ricos a pedir, ao menos.

Por isso, aos leitores e aos comentadores, aos meus colegas aventadores, aos que concordaram e aos que discordaram com o que aqui se foi escrevendo, aos bloggers vizinhos e aos que, dia a dia, de uma forma ou outra, lidam com a  nossa actualidade, a todos, votos de um feliz ano novo. E que seja possível ultrapassar com sucesso as dificuldades que nos esperam.

Comments

  1. Céu Mota says:

    Sim, que sejamos ricos pelo menos a pedir!!
    Obrigada, e um bom ano de 2012 e também de 2013 (!) para si! mas uma coisa de cada vez. Um dia de cada vez seria o ideal…mas somos gulosos…


  2. já que desejar um feliz 2012 me parece coisa impossível, a menos que se seja daqueles milionários nacionais que pagam menos de IRS que um desempregado sobre salário mínimo :
    Desejo a todos

    AS MELHORAS e um RÁPIDO RESTABELECIMENTO !

  3. Observador says:

    Para todos, um bom ano de 2012. E, como canta José M. Branco, “doa a quem doer, faz o que tens de fazer”

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.