Um país de políticos merdosos cheio de gentes medrosas

Já nem me apetece comentar, basta-me o título, a citação, os sublinhados e, se fosse mais jovem, um bilhete de avião para um sítio mais bem frequentado:

As medidas de austeridade tomadas pelo Governo português, para além de estarem distribuídas de forma desigual entre ricos e pobres, fizeram subir o risco de pobreza, particularmente entre idosos e jovens.

O relatório de Bruxelas revela que Portugal “é o único país com uma distribuição claramente regressiva“, ou seja, em que os pobres estão a pagar mais do que os ricos quando se aplica a austeridade. Exemplo disso é o rendimento disponível das famílias. Nos escalões mais pobres, o orçamento de uma família com crianças sofreu um corte de 9%, ao passo que uma família rica nas mesmas condições perdeu 3% do rendimento disponível.

Os dados mostram que Portugal é o único país analisado em que “a percentagem do corte [devido às medidas de austeridade] é maior nos dois escalões mais pobres da sociedade do que nos restantes”.

Comments


  1. promete…

  2. maria celeste d'oliveira ramos says:

    Políticos merdosos só podem ter política de merda além de uma justiça que merece a mesma designação, e não sendo eu fã da UK, hoje, apenas ao fim de 19 anos (pelos vistos não prescreveu) foram condenados 2 ingleses que mataram um negro aí residente – é tarde – mas a justiça chegou – xineses levarão a EDP e 25% da REN. E aos bocadinhos, como se não bastasse tanto merdoso ignorante e ladrão que desde 1986 se abotoa com o que é meu, se verá que mais terei eu de ver no meu país, sempre cobiçado mas desta vez por gente de olhos em bico, país que logo arrebitou da letargia salazarista, logo caíu nas mãos destes actuais merdosos ignorantes, pirosos e fanfarrões que o repartem não mimporta com quem e o atira buraco abaixo de onde ninguém o levantará, ajudado pelo santo tribunal FMI pelo que parece que não mais levantará a cabeça pois que foram inventadas dívidas de juros, que não sei o que é nem para quem e que bem acharia que não deviam sequer ser pagas como se não tivesse sido o tigre que comeu o macaco, mas o contrário. Entretanto “parece” que mais um grande exemplo veio hoje da UE em que o presidente da alemanha meteu a pata na poça – estamos bem acompanhados – afinal parece que faz falta Dominique Strauss-Khan porque a senhora Lagarde é muito loira e se calhar, falando tão mal de Sarkozy é capaz de ser o que menos telhados de vidro terá, comparados com os grandes da UE que se perfilam, e todos com rabiosque de palha do FMI – vamos ver – Marques Mendes está a falar na TV124H – vou apagar-não gosto do pequenote – também é um grande merdoso – mas não há gente GENTE ??? Vou ver a reportagen – Trevessia do Deserto da portuguesa Helena, de Alcanena (e dois ajuntos homem portuguses, do benfica que adoram a situação) que foi convidada para ser treinadora de da equipe nacional feminina do Katar (40 meninas a treinar para o mundial 2022 e que gostam dela que consideram mias do que treimadora mas também amiga), equipe que não existia. Deve ser programa interessante e sobretudo que sai do programa trivial e repetitivo – repetitivo – repetitivo pois agora as TV dão o mesmo programa meses sequidos – que xatice. A portuguesa vai treinar meninas abastadas e com master degree, que encontram no jogo forma de se sentirem livres.Qatar tendo um milhão e 600 mil habitantes, um milhão é de portugueses a viver neste país mais pequeno do que o Alentejo – as meninas Qataris sabem todos os nomes da selecção nacional portuguesa.Helena não pode fazer nada sem ter autorização ou dar cavaco pelo que adora o DESERTO onde não há mais leis nem restrições-fim do belo documentário rtp.pt-01-02h AM de 05 jan 2012

  3. MAGRIÇO says:

    Pelo menos na iniquidade e na aleivosia este governo já se distinguiu…

  4. ricardo estevao says:

    sim realmente vivemos num pais k na realidade so existem mentirosos deviam de olhar um pouco na questao da pobreza tirar mais aos ricos e nao aos pobres


  5. Esta música diz tudo:
    http://youtu.be/6QKk5gU-CDI

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.