E há pessoas que depois dos 70 anos deviam tapar a cara…


já que não conseguem tapar a boca

Comments

  1. José says:

    O no caso presente, porque não antes?
    Esta fulana tem traços de não ter sido um bebé bonito, a sorte dela foi não ter nascido gatinha, porque certamente seria afogada entre gritos de horror do tipo: -mata qué-bicho.

  2. José says:

    Neste caso justifica-se a burka


  3. Lendo estes artigos, lembrei-me de outra medida que esta senhora não desdenharia aplicar.
    Se o problema é puramente financeiro e não interessa a vertente humana, devia-se por higiene fazer uma lista de cidadãos que seriam abatidos de forma piedosa (tipo injecção letal), e não deixados a agonizar por falta de hemodiálise ou outros tratamentos caros. Usam nos USA, por isso não deixa de ser civilizado.
    Como a vertente financeira é primordial, os cidadãos com idade acima de, digamos, 70 anos listados por ordem decrescente das usas pensões de reforma (todas, não só da segurança social). Seriam notificados pelo SNS para comparecerem na morgue para serem abatidos, começando pelos que auferem maiores reformas. Se prescindissem do serviço público mas pago dos seus bolsos, poderiam fazê-lo, mas perdiam na mesma o direito à pensão vitalícia, uma vez que legalmente estavam abatidos.
    Desconfio que só os primeiros 100 beneficiários da lista já davam para reaver os tais milhões do Marco António Costa…
    Todos os meios se tornaram legítimos aos olhos de certa gente para forrar os cofres da finança internacional com o nosso dinheiro. Estamos nos dias do fim do mundo?

  4. maria celeste d'oliveira ramos says:

    Esta senhora é uma anjinha comparada com o mail com site que acabo de receber sobre a imposição dos USA relativamente aos trangénicos da criminosas multinacional MONSANTO e SYNGENTA-podem procurar na net o caixotão de sementes de todas as pantas comestíveis do mundo compiladas por botânicos americanos e enterrado no Polo Norte há poucos anos – ontem na TV – já nem sei em que canal – ou SIC ou Tvi 24H) o jornalista falou falou pela 1ª vez na nossa vida no apocalipse climático – mas dos transgénicos nem o Green Peace se atreve a falar – com transgénicos (de que o milho de Portugal já é) tem paraleo só com a guerra nuclear

  5. António Fernando Nabais says:

    Para pessoas como esta, defendo o uso da burkolha, uma burka equipada com uma rolha, na zona de boca.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.