Queridos, não encolham as manifes

Diz a CGTP que ontem estiveram 300 000 em Lisboa. Sendo óbvio que no Terreiro cabem pouco mais de 120 000, também não ouvi ninguém dizer que estiveram lá todos ao mesmo tempo, e truques baixos como o do JN, que andou a publicar um vídeo feito antes de a praça encher são pura batota. Andamos a inflacionar números de manifestantes desde 75 (quem começou até foi a direita) e agora é tudo muito relativo.

Por mim estou com o espírito do Luís M. Jorge:

Para um espírito prático a fraqueza dos nossos sindicatos só tem estas soluções: ou se tornam muitos e param o país, ou se tornam muito violentos e param o país.

Servem as manifestações para alguma coisa? já ouvi patrões de patrões louvar estas iniciativas: acham eles que o pessoal faz o seu piquenique, extravasa a raiva nas palavras de ordem, e fica muito contente por serem muitos. Em parte é mais ou menos isso, razão porque fica mal à direita encolher a manife, se tivessem juízo ainda falavam em 400 000.

A manifestação eficaz juntará um destes meses os que alinham com os sindicatos com os que nunca alinharam, principalmente os desempregados. E não será em Lisboa, será pelo país fora, provavelmente mais pelo país fora, e desconfio que de norte para sul. Eficaz em número, nem precisando de ser muito violenta, embora conhecendo os hábitos da casa e o funcionamento das panelas de pressão tal seja provável. Já faltou mais, este governo tem-se esforçado por isso, e nesse dia prometo acender uma velinha a Vítor Gaspar, será merecida.

Adenda: além de ser um belo vídeo, estas imagens desmentem quem acha que o Terreiro do Paço nem sequer encheu:

via Pedro Penilo

Comments

  1. Ivo da Silva says:

    É a mesma cena que dizer que na Praça de S. Pedro – Vaticano cabem lá cerca de 2.000.000 de pessoas …. Nem 500.000 lá cabem. E quanto à nossa Praça do Comércio cabem lá mais de 300.000 pessoas … e estava à cunha. Deixe-se de caixas e de ferraduras , meu caro.


  2. Em 36 000 m2 cabem quantas pessoas?

  3. João Paulo says:

    Vejamos, 4 pessoas por metro quadrado? Dá 36 000x 4= 144 000… Mas, continuo a pensar que é um erro este tipo de contabilidade, do género mais ou menos… A MANIF foi uma grande MANIF e pronto!
    JP


  4. EM espírito estava meio-milhão de votantes no PCP entretanto já falecidos

    Daqui foram apenas 5 camionetas mais uma centena e meia na fertagus pressuponho que os restantes vinte mil tenham ido de carro…

    um elevador médio tem 2,5m2 e caberem lá 6….

  5. marai celeste ramos says:

    O Convento de Mafra ocupa uma área de 40 mil m2 e se uma pessoa estiver de pé ocupa 1 m2 – sardinha em lata – O Terreiro do Paço tem 36 mil metros quadrados (180X200 m) – claro que cabem 4 pessoas por m2 e, assim, pelo máximo de ocupação do m2 e se ainda sei fazer contas, multiplicando a área da Praça de 36000 por 4, daria 144 00 mil pessoas no total, embora mais apertadinhos. E sem vazios como se vê, nesta imagem, que houve – se houver pessoas às cavalitas umas das outras caberão mais uns quantos, mas então como sairão tantos e voltar para casa ?? – nem no carnaval se encavalita tanta gente em cima de tanta gente – mas se multiplicarmos por 5 sem ter “afrontamentos” ficaríamos em 150 mil manifestantes – a CGT afirma terem estado 300 mil – ao mesmo tempo sem ninguém sair a não ser que estivessem em bicha para entrar – tenho de pegar em máquina de fazer contas e levar para a aula


  6. Nesta imagem não se vêm vazios porque é uma imagem para ver carregando no botão, depois tem uma coisa chamada movimento, que no caso são 15 imagens por segundo, e demonstra que a praça até se foi enchendo. De resto, e pelo seu ângulo, prova que a filmagem do JN é uma aldrabice.


  7. Significativo era se estivessem lá mais do que os do costume, infelizmente isso não aconteceu. Agora se estavam 100mil, não interessa nada, foi apenas + uma manifestação grandiosa da CGTP, os poderes não foram incomodados, uma pena

Trackbacks


  1. […] história que vai para o terceiro acto: congresso, manifestação e greve […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.