A Grécia destruída por Bruxelas

KO à Grécia

Knockout (KO) à Grécia

Fonte: Presseurop

De um interessante artigo do jornalista Peter Oborne em “The Daily Telegraph”, traduzido para português, sobre o processo de destruição da Grécia pela UE, reproduzimos a respectiva introdução a partir do ‘site’ da Presseurop:

Afundada numa violenta depressão, a Grécia está a ser exaurida por uma UE “incompetente” e pelo seu “insensível” comissário para os Assuntos Económicos e Monetários, Olli Rehn, acusa Peter Oborne, num veemente comentário de página inteira.

A meu ver, é aconselhável a leitura integral do artigo, intitulado ‘Como Bruxelas está a destruir a Grécia’; quanto mais não seja a título de pré-aviso para os efeitos que nos podem estar reservados pela violenta e irracional terapia da ‘troika’, zelosamente aplicada e excedida pelo governo de Passos Coelho e Paulo Portas.

Comments

  1. Céu Mota says:

    Portugal também já está por terra, KO.
    Um bom post, Carlos!!


  2. Obrigado Céu.

  3. marai celeste ramos says:

    A ue não é tão inocentemente incapaz como parece, nem vai dizer em directo e imediato o programa subterrâneo que tem há muito tempo porque para imperar não se pode dormir, mas sendo a grécia a parte mais visível e que levou tantos ridicula e malvadamente a afirmar “nós não somos a grécia, a mais ” visível” e que já não podia esconder (mas os usa tmbém não puderem esconder-e !!), e por alguma razão não fala nem de espanha nem de itália, senão muito acidentalmente, que não estarão melhor, mas terão outros trunfos e outro apadrinhamento óbvio e até nos dão sempre uns bombons, mais do que a espanha, em lugares cheve da UE porquê ?? Para aquecer o lugar a espanha & FMI e outros e tá o Lloyds da UK ?? mas que estranho

  4. kalidas says:

    Para tentarem fazer crer que a Grécia não tem solução, fazem agora circular um documento escrito por um fracês em 1858, para provar que então já era assim.

    Mas por essa altura um alemão Eugen During da Universidade de Berlim também escreveu documentos, então ninguém fala deles, é por ser do sentido contrário?
    .
    E o projecto que o empresário da New Lanark, Robert Woen desenvolveu na Escócia, não merece ser referenciado, pelo menos tentar perceber porque razão foi sabotado pelo capitalismo inglês, era por ser do sentido contrário?
    .

  5. Capitão Moura says:

    Há qualquer coisa que eu não consigo perceber (devo ser muito estúpido pois) Então a Grécia auto-arruinou-se com politicas despesistas totalmente irrealistas, agora está miséria e precisa de dinheiro, quem o tem e o pode emprestar impõem condições para o fazer e os gregos querem o dinheiro mas não aceitam as condições inerentes ao empréstimo?!!! Os países ricos não estão para sustentar povos chulos e calões sem nada em troca. A Grécia ainda vai acabar na bancarrota e voltar à mesma miséria que era antes da CEE e será muito bem feito. Acabou-se a mama. E por cá se queremos dinheiro para aguentar o barco teremos que cumprir as condições impostas pela troika e não piar senão bancarrota e miséria também. Acabaram os tempos das vacas gordas

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.