Não haverá recessão em 2014

Assegurou hoje, 29 de março de 2013, Pedro Passos Coelho.

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    vamos ver


  2. Tem toda a razão, há bancarrota.


  3. Não foi ele que assegurou que não ia aumentar o IVA?
    LOL

  4. Lucino de Moura Preza says:

    Não foi ele (Pedro Passos a caçar Coelhos) que disse que não mexia nas reformas daqueles que já encheram o cofre do estado, sendo uma dupla tributação e que vai contra o decreto lei nº. 496/80 de 20 de Outubro. Estes “belos” rapazes do governo e da troika, desconhecem este decreto? Jamais algum cadadão português deve esquecer as leis pelas quais o País emana por decreto. Como pode estes ” direitistas” retirar o subsídio de férias e de natal se aquele decreto-lei não foi revogado pela AR, no seu artº.17 que consta que os mesmos são inalienáveis e impenhorados?… Já estou muito vacinado quanto às palavras destes tipos que não passam de uns grandes aldrabões e chulos. Por isso, por falta de idoneidade dos políticos, falta de transparência. ambição pelo poder e luxúria, não voto naqueles que, à custa do povo, enchem as “off-shore”. Porque razão certa espécie jornalística não relatam aos portugueses certos actos indignos de membros de qualquer governo que se instala no poder e, se vem a saber por portas e travessas?… Será conivência ou medo de perderem os seus empregos?…. Neste caso, classifico-os de cobardes e prostiutas e, aproveitando as frases infelizes do PM, convido-os a imigrar.

  5. Tito Lívio Santos Mota says:

    se calhar é verdade.
    Deixa de haver Portugal.

    Há um personagem de barbeiro numa peça do Molière que fazia como o Passos.

    Punha todos os dias à porta da loja a seguinte tabuleta:
    “Amanhã barbeamos grátis”.
    Mas quando os clientes reclamavam a tal barba grátis, dizia : “Isso, só amanhã, é o que está ali escrito”.
    Assim fazia todos os dias, e todos os dias tinha novos clientes que vinham incautos à espera de fazer a barba sem pagar.
    No momento de pagar, lá vinha o barbeiro : “isso, só amanhã, é o que está ali escrito, hoje tem que pagar, ora faça o favor”.

  6. LUCINO DE MOURA PREZA says:

    Ontem, todos ouvimos o malogrado PM que irá perder as eleições pelas burrices que tem dito a todos os portugueses e pela má condução da política perante o “cheiro nauseabundo” emanado pelas partes baixas da Angel Merkel, esquecendo-se que os portugueses mais atentos não perdem os seus demagógicos ditos. Ouvimo-lo ontem justificar que os funcionários do Banco de Portugal não podem sofrer cortes no subsídio de férias e de natal porque, estes funcionários estão acobertados pelo BCE e não se lhes pode impor a lei nacional.Este homem é muito estúpido e quer fazer de nós, ainda mais estúpidos o que, está redondamente enganado. Sucede que nas organizações europeias, não existe o 13º. mês nem, o subsídio de natal Assim sendo, não o devem receber os subsídios de 2012 e 2013 como, repôr todos aqueles que indevidamente receberam nos anos anteriores. Será que estes trabalhadores somente são portugueses para receber e europeus quando se trata de os pagar?… Infelizmente, continuo a não acreditar nos nossos mídeas porque, não houve um sequer que questionou o bacoco do PM acerca deste tema.
    Uma coisa tenho eu a certeza: todos eles hão-de morrer como os “grillu”: com os cornos para baixo.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.