A #fontinha e a propriedade privada do voluntariado

Estudo acompanhado gratuito pelos pais das crianças de um colégio católico, como foi amplamente divulgado há tempos, é voluntariado.

Estudo acompanhado gratuito na Fontinha, omite-se, não é notícia, é coisa de anarcas, okupas na linguagem colorida de muitos dos jornalistas hoje de plantão.

O voluntariado é propriedade privada, um condomínio fechado, tem de parecer caridadezinha, ou será que só o que alguns fazem em prol dos outros é aceitável pelos elevados e selectivos padrões discriminatórios da comunicação social e seu proprietários?

na imagem: horário de actividades da Es.Col.A da Fontinha.

Trackbacks


  1. […] e o paga­mento de trinta euros. # #Mas o que inte­ressa na rea­li­dade é ava­liar a inter­ven­ção da ES.COL.A junto da popu­la­ção em que se inse­riu (link adi­ci­o­nado às 19:05) e à qual abriu as suas por­tas orga­ni­zando uma série de […]


  2. […] José Cardoso, no Aventar, April 19, 2012 at 03:51PM Partilhe:Gostar disto:GostoBe the first to like this […]


  3. […] 5 anos. 2. Um conjunto de pessoas resolveu utilizar esse espaço público abandonado para criar um projecto social. 3. A CMP achou que o melhor era tirá-los de lá e deixar tudo outra vez […]


  4. […] 5 anos. 2. Um conjunto de pessoas resolveu utilizar esse espaço público abandonado para criar um projecto social. 3. A CMP achou que o melhor era tirá-los de lá e deixar tudo outra vez […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.