Abençoados BPN e Alberto João

Por vossa arte e com o apanágio dos que em 2010 estipularam as colectas e respectivas deduções, este ano não só não vou receber IRS de volta como ainda vou pagar o dobro do que costumava receber. Obrigado, ó filósofo parisiense, por tão belo presente para os que cá ficaram. Felizmente que este esforço adicional vai para duas nobre causas como o BPN que nacionalizaste e para a ilha dos que agora governam.

Azar meu, claro, não ter comprado carro eléctrico nem equipamentos de energias renováveis, nem ter melhorado a classificação térmica da minha casa que sempre  via parte da factura paga em deduções à colecta   (ver aqui e aqui). Os luxos são para quem pode e se todos pudessem deixava de ser luxo.

Comments

  1. maria celeste ramos says:

    Se se liberta ao 3º dia tanto criminoso para tanto “lugar vago” porque não se preenchem com os senhores de gravata de sêda natural e que vão às TV tão bem empoados como qualquer “actor” que fica feioso de nariz luzidio – e deviam lá dentro limpar as latrinas que sujassem- como na tropa fazem os desgraçados dos “magalas” que eles afinal usam para ir morrer no Afeganistão e dar a seus pais as medalhas de heróis póstumos – Julgava eu que vivia num país de boa gente – tornaram-se criminosos desde 1986 – pricipalmente e mais descaradamente – corrida ao oiro mais diabólica do que a de Ouro Preto onde ao menos deixaram cidade unesco onde o “aleijadilho” (transmontano)reinventou o Barroco mais do que flamejante

  2. maria celeste ramos says:

    Os ingleses vêm explorar as minas de ouro – mas há vários candidatos – não percebi onde era mas oiro creio que só há em Jales que os Romanos descobriram e exploraram 12 toneladas/ano

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.