Sem comentários

A PSP de Aveiro anunciou ontem, em comunicado, a detenção de uma mulher, de 62 anos, pelo crime de furto. A suspeita, que reside naquela cidade, furtou uma lata de atum, no valor de 1,27 euros, num supermercado local. A PSP não informou quais as medidas de coacção aplicadas à mulher, que depois de ter sido levada ao juiz terá sido libertada. in CM

Não porque me falte vontade de comentar, mas escasseia-me o engenho para conseguir escrever alguma coisa que não inclua várias injúrias a imensas autoridades.

Comments

  1. Pedro Marques says:

    E também o que dizer quando comparada esta senhora com o Cavaco, o Mário Soares, o Dias Loureiro, o Vale e Azevedo, o Duarte Lima, ena pá que a lista seria demasiado extensa se eu continuasse a escrever nomes.

  2. Margarida Alegria says:

    Outros meliantes ao nível de “indústrias inteiras” de conservas, quando são apanhados, são libertados e quanto muito recebem de prenda uma bracelete…
    Vergonha de país!
    Não sou de usar uitos palavrões, mas cada vez mais me surgem mais que me contenho de dizer! 🙁


  3. Eu pergunto, mas quem é que faz uma queixa destas?
    A PSP limitou-se a fazer o seu trabalho.
    Mas, uma lata de atum? Por favor! Que tipo de gente é que faz uma queixa destas?? Que vergonha de país!


    • O tipo de gente que tem margens de lucro exorbitantes em bens de primeira necessidade! O tipo de gente que enriquece à custa de uma necessidade primária e indispensável do homem! O tipo de gente que explora o semelhante com o mesmo à vontade e o mesma sem vergonha com que sacode uma mosca maçadora! O tipo de gente que é sempre favorecida pelos abutres, ladrões, mentirosos e corruptos que, durante décadas, têm passado pelo governo deste triste país! O tipo de gente para quem roubar em grande, oculta e indiscriminadamente, é virtude e comer é um luxo a que poucos se podem entregar!

      Mas não são melhores as gentes que assistiram à cena e nada fizeram! Não são dignas as gentes que viram e calaram! São gente egoísta e invejosa e mesquinha!

      Cala-se e imobiliza-se esta gente quando, de imediato, deveria indignar-se! E é esta mesma gente que, hipocritamente, vai abrir as goelas nas manifestações de fim-de-semana, mascarando de indignação o eterno desejo de passeatas e festarolas!

      Ah, povo estúpido e ignorante, rebanho cego! Ah, governantes infames, biltres de falsas virtudes, mentirosos desalmados, vis manipuladores, merecei-vos uns aos outros!

    • Miguel says:

      Só espero que exista mesmo o céu. Essa senhora merece-o.

  4. leitor moderado says:

    “#$&%/%$#

  5. João Ramos says:

    é simples, para os idiotas que não sabem. O furto simples, como o da lata de atum, é um crime que não é público, logo a PSP não fez esta detenção, o que sucedeu, é que o proprietário, porque não lhe sai do bolso, mas sim do bolso de todos, decide chamar a policia, aresenta queixa e a PSP tem de deter, e naturalmente, na mesma hora é enviada em Liberdade. até ir a julgamente.
    Neste caso e em outros, chama-se “Entregue sob detenção”. Entregue a quem? À PSP ou à GNR. A Polícia só detem quando são crimes Públicos. Aprendam e não digam asneiras.
    Ou seja, aqui a Polica, não é perdida nem achada, vai, porque é obrigada a ir por força da denuncia e quixa do dono.
    Ao poster, falta-lhe e a muitos que aqui escreveram, a serenidade e a sabedoria das Leis, agem por impulso, e não deve ser assim.
    agora, verdade seja dita. A PSP nunca deveria ter comunicado esta noticia. Até porque a detenção não é sua, não é flagrante delito, nem tão pouco um crime público (Homicidio etc).
    Ai sim, estiveram mal.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.