A depressão entre os professores

Passos Coelho no debate sobre o Estado da Nação, esta semana, disse que não queria assustar os portugueses.

Mas a verdade é que nunca estivemos tão assustados.
Que o digam, por exemplo, os professores e respectivas famílias!!
É deveras preocupante: 25 000 horários perdidos e 18 mil professores contratados poderão ser despedidos. E não são só os mais jovens: há professores a contrato há dezenas de anos.
“É uma agonia”.
É a depressão entre uma classe cuja importância é indiscutível para o desenvolvimento do nosso país.
Andamos deprimidos, nós professores: ao nosso lado vão caindo colegas, engrossando o número já trágico de desempregados. “Quando serei eu?”, é uma pergunta inevitável. As turmas serão menos, mas aumentará o número de alunos; as salas vão rebentar pelas costuras; os professores irão trabalhar sem motivação e assustados. Para cúmulo, muitos terão que saltar de escola em escola, gastando do seu próprio dinheiro. Pagar para trabalhar.
Até quando?
Corte-se mais na Educação e vamos longe!

Comments

  1. Frederico Mendes Paula says:

    Enquanto o Passos Coelho e a sua equipa de génios dialogantes governarem este país os portugueses têm todas as razões para estarem assustados.

  2. chatice says:

    Bom, estamos a ver que o futuro em relação à profissão de professor é a sua extinção, é preciso tirar de circulação os velhos professores com mais de 40-45 anos, cheios de tiques democráticos, resquícios de pensamento autónomo e moralidade, congelem-se as carreiras, abaixe-se salários que a vida está difícil para todos, desregulem-se os horários e tudo aquilo que não agrade ao patrãozinho. É preciso inovar, claro!!!

  3. maria celeste ramos says:

    Desmantelar não importa o quê que vem do odioso PS é a missão deste governo – corta tudo para trás – corta e esquece – não penses que é corta e cole (copy-paste) – DESMANTELAI-ME e amanda o Mira Amaral que não conhece Diosgenes ajudar a DESMANTELAR – agarra na ventoinha e amanda (manda) para cima dos anónimos (mas não calados) – ASPERGE-OS diz Passos – do que tenho em abundância (merda) para a maioria dos FP) – mas como nem chofe o cheiro é mais nauseabundo mesmo que se “reze”


  4. Todas as classes profissionais estão a ser destuidas, todas, excpeto: ministros, deputados, directores gerais. Mesmo que sem habiltaçoes!!!!

    Faltava os médicos, já eram…….pronto!!!!!!!

    Porquê??????????? Expliem-nos!!!!!!!


  5. O continuador de Sócrates tem se mostrado à altura da obra de destruição da escola pública. No presente quem geme são os que votaram Passos e deram um grande passo para irem para o olho da rua da função pública.
    Claro que a culpa é do despesismo exagerado do consulado do estudante de filosofia…

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.