O terramoto de 1755

A reconstrução de Lisboa, após o grande terramoto de 1755, foi um dos grandes feitos do Marquês de Pombal.

Da série Filmes para o 8.º ano de História

Tema 6 – Portugal no Contexto Europeu dos Séculos XVII e XVIII
Unidade 6.2. – Absolutismo e Mercantilismo numa Sociedade de Ordens

Comments


  1. Pois foi – e também passou a ser a 1ª cidade moderna da europa com o recticulado da Baixa Pombalina pois que até aí tinha desenho de estrutura urbana medieval – e a Europa vinha a Lisboa ver o que de mais moderno e evoluído havia aqui
    Esse rectiulado “passou” para o Bairro Alto independentemente de ser uma colina declivosa e sendo que sem samemaneto básico a cidade recebia as brisas do rio e do alto das colinas que arejava as ruas e permitiam a “perseguição” mais fácil dos malfeitores, o que só mais tarde foi feito em Roma e Paris com Haussman abrindo na malha labirintica medieval largas e extenas ruas de “saneamento” que o clima permitia e se aprndeu a desenhar “design with nature” mas opostamente a Alfama labirintiv«ca de rua estreita para fazer “sombras” logo que o sol desixava de estar a “pino” provocando o sol-sombra e as brisas já que o ar quente, mais leve, se movimenta mais depressa que o ar frio embora nestes bairros – alfama e bairro alto” se abrissem sempre ruas perpendiculatmente ao sentido do rio não apenas para o olhar mas para deixar entrar brisas benfazejas – “design with climate” (Ian McHarg) conceito que apareceria muito mais tarde

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.