“A rezar para que não chova”

Na Escola Básica e Secundária de Barroselas (Viana do Castelo), há quadros interactivos, videovigilância, computadores e… muita chuvinha nas aulas.

Um aparente bem-estar, mas apenas tecnológico, porque os alunos queixam-se de salas muito frias de inverno e muito quentes de verão, o tecto na cantina degradado, cortiça cheia de humidade e a água entra mesmo pelo quadro eléctrico. A Parque Escolar tarda a fazer novas obras… (DN, 22/10/2012)

Muito português (as aparências iludem).

Comments

  1. Marão says:

    A criançada já sabe a tabuada?

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.