Obviamente calou-se

Heloísa Apolónia pediu hoje ao primeiro-ministro que censurasse o banqueiro Ulrich pelas suas declarações desprezíveis.

Comments

  1. Hugo Mota says:

    A perseguição ao homem continua. A extrema esquerda simplesmente não perdoa a Fernando Ulrich que tenha chamado o boi pelos nomes, e tenha apontado o autentico fraude que é a propaganda disseminada por gente do BE e PCP, que vende a destruição do país como sendo uma salvação.

    Como, apesar dos chavões de liberdade e defesa dos direitos, essa gente abomina a liberdade de expressão daqueles que não emitem as opiniões aprovadas pelo comité central, sentem-se obrigadas a perseguir um homem por ter proferido em público uma opinião inconveniente. Então, como é para queimá-lo, lá vão pegando em afirmações que fez, distorcem-nas o máximo que podem e depois apontam essas distorções como pretensa prova de que o homem é desumano. E claro, se é rico então é sub-humano e não merece partilhar o mesmo espaço que toda a outra gente.

    Enfim, nada de novo. E o mal é exactamente esse.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.