Banda sonora

Não há dúvidas que a canção é uma arma. Acho, assim, muito bem, que se cante em protesto. Apenas sugiro que se diversifique mais um pouco as escolhas. Com todo o respeito pela “Grândola, Vila Morena” e pelo Zeca Afonso, com todo o respeito pela máxima “O povo é quem mais ordena” e pela herança revolucionária, acho que seria, também, de cantar bem alto outras canções que fazem, outra vez, todo o sentido, como por exemplo:

Entram empresários moralistas. Entram frustrações. Entram antiquários e fadistas. E contradições. E entra muito dólar, muita gente. Que dá lucro aos milhões.

Isso mesmo, cante-se também a “Tourada” de Ary dos Santos e Fernando Tordo:

Aceitam-se mais sugestões.

Comments

  1. Konigvs says:

    Peço desde já desculpa pelo óbvio:

    “P’ra levar a água ao seu moinho
    Têm nas mãos uma lata descomunal
    Prometem muito pão e vinho
    Quando abre a caça eleitoral

    Desde que se vêem no poleiro
    São atacados de amnésia total
    Desde o último até ao primeiro
    Vão-se curar em banquetes, numa social

    Demagogia feita à maneira
    É como queijo numa ratoeira”

    Letra e música de Luís Pedro Fonseca
    Álbum Perto de ti, Lena d’Água 1982

  2. amadeu says:

    ( e o mais que óbvio)
    Vampiros — José Afonso

    No céu cinzento sob o astro mudo
    Batendo as asas Pela noite calada
    Vêm em bandos Com pés veludo
    Chupar o sangue Fresco da manada

    Se alguém se engana com seu ar sisudo
    E lhes franqueia As portas à chegada
    Eles comem tudo Eles comem tudo
    Eles comem tudo E não deixam nada [Bis]

    A toda a parte Chegam os vampiros
    Poisam nos prédios Poisam nas calçadas
    Trazem no ventre Despojos antigos
    Mas nada os prende Às vidas acabadas

    No chão do medo Tombam os vencidos
    Ouvem-se os gritos Na noite abafada
    Jazem nos fossos Vítimas dum credo
    E não se esgota O sangue da manada

    Se alguém se engana Com seu ar sisudo
    E lhe franqueia As portas à chegada
    Eles comem tudo Eles comem tudo
    Eles comem tudo E não deixam nada

    http://youtu.be/I59AJVsl5hk

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.