O Zé é a pitança do momento

Sempre manifestei reprovação em relação à maioria das políticas de Sócrates. Contudo, recuso liminarmente colocar no regressado emigrante de luxo  as integrais responsabilidades pela situação a que o País chegou.

A nível interno, existem outros co-autores do desastre. Cavaco, fundador do ciclo das PPP, e Guterres foram dos mais responsáveis. Dispuseram de abundantes fundos comunitários, a maior parte desperdiçada em obras de fachada (CCB, Expo 98, Mercados Abastecedores, pontes, viadutos e autoestradas); fundos de tal monta que, diga-se, qualquer PM jamais desfrutou posteriormente. Barroso, outro PM refractário, da aquisição dos submarinos alemães, aos contratos das ‘Pandur’  (Paulo Portas sabe disso muito, muito mais do que eu) deixou o Estado com défice de 3% em 2004; mas, logo de seguida, em 2005, o governo do generoso Santana Lopes permitiu que o défice disparasse para 6%.

Demitido o Lopes, veio o Sócrates e encarregou-se de prosseguir a tarefa de penalizar o país, ainda que – tenha-se em consideração – tivesse sido encorajado pela Comissão Europeia (ele e outros dirigentes europeus) a reforçar o investimento público, no sentido de evitar a crise. Sucedeu, porém, que a crise tinha carácter financeiro – era oriunda do ‘sistema financeiro internacional’, então multiplicador das dívidas soberanas – e obediente, cego e gastador, Sócrates fechou o ciclo do endividamento que se iniciara anos antes, não passando das eólicas e de mais umas PPP (construtores e banqueiros continuaram a enriquecer e a economia a estagnar).

Regressado agora de Paris, e em atitude que classifico de perfeitamente estúpida, com o Dr. Relvas provavelmente a esfregar as mãos de contentamento, Sócrates resolve aceitar a função de comentador político semanal e gratuito da RTP – num País que convive com esse absurdo hábito de originalidade mundial; os políticos são os principais comentadores de política, estejam retirados ou no activo.

Todavia, em termos de comunicação social, Sócrates é a melhor das pitanças que muitos jornalistas e comentadores poderiam saborear nesta época. Um folar da Páscoa muito, muito especial. O ex-PM proporcionou a certos colunistas demonstrarem o domínio de temas filosóficos (Henrique Monteiro), ou exalarem enorme sabedoria do Império Romano (João Miguel Tavares).

Esta gente ainda não entendeu que filosofar ou romanizar a propósito de Sócrates, ou esfregarem as mãos de contentes para vender papel e tempo de antena (Ricardo Costa e José Gomes Ferreira) não é solução para tirar o País do abismo em que foi mergulhado, de Cavaco a Sócrates, e está condenado a bater no fundo com a medíocre classe política do ‘arco do poder’ – Passos ou Seguro, qual deles é o pior? E Portas alguma vez deixará de se mostrar, da feira ao salão, com toda a carga de jactância  em actos públicos, da palavra à exibição gestual.

Bem mais útil seria ao País que a comunicação social, furtando-se ao subjectivismo, exigisse à classe política capacidades e acção para atacar problemas objectivos que, entre muita informação, o quadro seguinte reflecte em relação à absurda austeridade que nos é imposta:

procura interna (2)Fonte: Real World Economics Review Blog

A procura interna em Portugal, Irlanda e Grécia tem declinado continuadamente com as medidas de austeridade, em contraste com outros países exteriores à Zona Euro, em fase de recuperação.

Mas, destes temas, os nossos prolixos comentadores não falam a sério; uns porque não sabem, outros porque não lhes interessa. O Sócrates e outros do género são como a telenovela. Rendem mais audiência. E quem se lixa? Não é o Zé de Paris, mas centenas de milhares de Zés do Povinho.

Comments


  1. Muito bom o post 🙂


  2. CONCORDO COM O SEU TEXTO , MAS NÃO ESQUECER
    QUE AS COISAS JÁ VEM MUITO MAL DESDE MÁRIO SOA-RES , O TAL QUE METEU O SOCIAILIISMO NA GAVETA ..
    TENHO SIDO UM DOS MAIORES CRÍITICOS AO CAVACO SILVA , VULGO ESCAVACADO DA SILVA , PORQUE ESCA-
    VACOU ESTE PAÍS E PROTEGEU COMO NINGUÉM TODA A CORRUPÇÃO BANCÁRIA,

    ESTOU À VONTADE PARA FALAR PORQUE NO TEMPO DO ESCAVAQUISMO , FUI O MILITANTE DO PSD QUE MAIS A-POIOU ESTE SINISTRO PARTIDO , QUE DEIXOU DE TER OS DE PRINCÍPIOS DE SÁ CARNEIRO .

    DESILUDIDO E FORTEMENTE LESADO PELO ESCAVAQUIS
    MO , VIREI COSTAS Á POLÍTICA , NA QUAL DEIXEI DE A-
    CREDITAR E HÁ MAIS DE 20 ANOS QUE DEIXEI DE VOTAR
    NÃO SOU , NEM NUNCA FUI DE ESQUERDA OU DIREITA , MAS SIM MODERADO , PORQUE EM AMBOS QUADRANTES HÁ BOM E MAU , COM EXTREMISMOS .

    NÃO ESTOU DE ACORDO COM ESTE GOVERNO ,QUE NÃO QUERO DESCULPAR , MAS CREIO QUE NINGUÉM FEZ TANTO MAL A ESTE PAÍS E A ESTE POVO COMO O COR-RUPTO E DEPRAVADO SOCARTES , QUE É UM NOJENTO SEM VERGONHA E POR CAUSA DELE E DO ESCAVACADO ESTOU NA MISÉRIA , UM CASO QUE VAI TER MUITO QUE CONTAR ,

    O ESCROQUE DO SOCARTES QUE DEVIA ESTAR PRESO ,
    BEM COMO A SEITA DELE , PELAS PATIFARIAS QUE FIZE-
    RAM , AINDA TÊM O DESPLANTE E A REAL LATA DE SE,
    ARVORAREM EM INOCENTES .
    SÓ DE VER ESSE GAJO A FALAR E A ANDAR TODO A-MANEIRADO , A GOZAR CONNOSCO , QUE DEIXOU O PAÍS NA RUÍNA E O POVO NA MISÉRIA , COMO SE DÚVIDAS HOUVESSEM , QUE VIVE Á GRANDE E À FRANCESA , AIN-DA TEM O DESCARAMENTO , DE DIZER QUE SOBREVIVE
    À CUSTA DE UM EMPRÉSTIMO QUE PEDIU ,

    DEVIA SER INVESTIGADO PARA SABER COMO CONSE-GUIU , SEM TER RENDIMENTOS , NEM BENS .

    COMO É QUE ELE VAI PAGAR ?

    COMO É QUE ELE CONSEGUIU ISSO ,SE OS BANCOS PU-
    SERAM SEMPRE DIFICULDADES NO ACESSO AO CRÉDITO
    MESMO AOS QUE TÊM BOM PATRIMÓNIO E NOME ?

    EU SEI BEM O QUE SOFRI COM ESSES BANDIDOS DA BAN-
    CA , MESMO DANDO BOAS GARANTIAS REAIS MUITO SU-
    PERIORES AOS PEDIDOS DE CRÉDITO .

    MUITAS VEZES PUNHAM TANTAS DIFICULDADES , QUE
    QUEM NÃO TRABALHA COM A BANCA , NEM IMAGINA .
    E CHEGAVAM MESMO A NÃO EMPRESTAR SÓ QUERIAM
    LUVAS E QUANTO MAIORES MELHOR , NEM QUE LHES FICASSEM MAL PENDURADAS NOS DEDOS .

    FALO NESSE EXECRÁVEL PERSONAGM , PELOS PIORES MOTIVOS , QUANDO DEVIA ESTAR PRESO , AINDA TEVE A
    LATA DE IR JANTAR COM OS SEUS AMIGALHAÇOS DEPOIS
    SA SUA SINISTRA ENTREVISTA ,, ENQUANTO MILHÕES DE PORTUGUESES PASSAM FOME .

    ISTO FAZ LEMBRAR O NAZISMO E O ESTALINISMO E OU-
    TRAS DITADURAS IGUALMENTE SINIISTRAS .

    CLARO QUE NÃO VI O SEU PROGRAMA E REVOLTA-ME
    O ESTÔMAGO , SÓ DE OUVIR FALAR,NESSE GAJO .

    MAIS ATÓNITO FICO QUANDO MAIS DE CEM MIL PESSOAS
    SUBSCREVERAM , COMO EU , UMA PETIÇÃO PARA IMPE-DIR ESSE SACANA DE IR RTP E , QUANTO SAIBA , NEM UMA ÚNICA PESSOA SE FOI MANIFESTAR À PORTA DA
    RTP . É DE PSAMAR .

    NO FUNDO ESTE POVO TEM O QUE MERECE , PORQUE
    ADORA ESTE TIPO DE DRIGENTES . POR ISSO NÃO TEM QUE SE QUEIXAR .

    • adelinoferreira says:

      O Fernando Cardoso dos Santos está muito
      nervoso.Ficamos a saber que não consegue
      arranjar substituto para Sá Carneiro e por
      isso deixou de votar.Não é de esquerda nem
      de direita é moderado segundo diz. Já à dias
      lhe disse que era Salazarento.Peço lhe descul
      pa,pois com a sua moderação está mais de
      acordo com Marcelo Caetano.
      PS.Não escreva tudo com maiusculas,porque
      ocupa muito espaço….

  3. MAGRIÇO says:

    Até que enfim! Uma análise objectiva, desapaixonada e isenta, a contrastar com a maioria das considerações sectárias e doentias. Parabéns, Carlos Fonseca. Subscrevo.

    • Carlos Fonseca says:

      Obrigado, ser independente é um dever. Para mais, num País dominado por grupos de espúrios interesses e conspurcado por gente e cumplicidades causadoras das mais reles ofensas aos que não têm oportunidade de trabalhar, a trabalhadores explorados segundo métodos de um neo-esclavagismo do salário baixo e condições precárias, bem como a reformados e pensionistas a quem se retiram ilegítima e desumanamente direitos pecuniários e de outro género. Desculpe o palavrão, é a merda do País em que nos transformámos por acção de vários políticos, banqueiros, construtores e outras corporações diabólicas. Querer concentrar as culpas apenas num deles não passa de uma manipulação de quem quer fazer dos outros estúpidos.

  4. Lidia Sousa says:

    Acabada de chegar da minha terra paterna DIEPPE na Normandia, vim ver a caixa de correio atafulhada com mensagens aterradoras do Portugal Profundo e outros do gnero, que dizem no publicar mensagens de annimos, mas so todos annimos e alguns escritos pelos prprios. Amanh vou tratar deles depois de apagar o lixo. Obrigada o seu comentrio um verdadeiro Osis no meio de tantas mentiras e calunias. Amanh se tiver tempo mando-lhe a imagem do castelo Medieval. destruda pelo bandidos que se diziam aliadas, depois do armistricio, fazendo o saque. FIZERAM O MESMO CIDADE DRESDEN NA ALEMANHA, alegando o mesmo que os Alemes estavam la escondidos.

    No dia 29 de Maro de 2013 45 22:00, Aventar

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.