Para memória futura

886104_523290427713753_380157190_o

O julgamento da Myriam Zaluar nunca deveria ter acontecido. Mas já que aconteceu, já que os superiores do senhor agente da autoridade lhe disseram que aquilo era uma manifestação, pois que o respeitinho é muito lindo e nós somos um povo muito lindo, que se cumpram as intenções do Ministério Público, aqui noticiadas pela agência Lusa. [Read more…]

Más notícias

O Google Reader vai acabar (link EN; em PT).

Como Irritar uma Pessoa

Programa de televisão  escrito em 1968 por John Cleese, Graham Chapman, Marty Feldman  e Tim Brooke-Taylor. Os Monty Pyton viriam logo a seguir. Legendado em português.

Paciência, Domingo(s) há mais…

Está na hora de agradecer a Vítor Pereira pelos meses que passou no FC do Porto.

A vergonha vai à escola e uma vergonha de escola

peregrinaçãoDeve fazer parte do processo de regresso ao passado em curso: uma procissão religiosa interrompendo actividades lectivas, dentro de uma escola, neste caso em Mafra. Num estado constitucionalmente laico isto é completamente ilegal, e absurdo. As estátuas não ensinam, as crenças de cada um não se passeiam pelos templos do saber.  Mas pelos vistos aqui governa a ignorância.

Maradona

É só juntar as peças: temos um argentino, temos Itália, temos fumo branco…

Intimidades

Nós temos o Alvarinho e os católicos têm o Chico.

Por acaso pareceu-me simpático, o Chico.

Saudemos o novo Papa

Adenda: houve necessidade de acrescentar nos comentários uma versão dobrada e legendada para esclarecimento de alguns fiéis mais dados ao latim:

Está demorado

Costuma ser mais rápida, a parte de apalpar os tomates ao novo Papa. Terá havido orgasmo?

E se a campainha dos deputados começasse a tocar?

Eles, os despejados, sintetizam a razão da visita: “Venho ter consigo porque você representa-me mas não me conhece, não sabe nada de mim.”

Na rua Balmes, coração de Barcelona, activistas da “Plataforma de Afectados por la Hipoteca” (PAH) decidiram ir visitar alguns dos deputados do PP que se recusam a recebê-los e que aí vivem ou, como sublinha a PAH, têm aí uma das suas residências.

São os mesmos deputados que rejeitaram a proposta da Iniciativa Legislativa Popular pela Dação em Pagamento  e pelo aluguer social. São os mesmos deputados que foram convidados a participar nas assembleias da PAH para escutarem casos reais, contados pelos cada vez mais numerosos afectados pelos despejos, e não responderam. [Read more…]

Saíu fumo branco…

… só não se sabe ainda como se chama o novo papa. Uma coisa é certa: o homem eleito vai deixar de ter o nome que tem e adoptar outro. Será que tem de renovar todos os documentos?

Mundo animal

O Espírito Santo já não é pomba, virou gaivota.

vatican-pope_fran33E eles têm Papa.

 

Sugestões

Catroga sugere 8 mil milhões cortados na despesa. Eu sugiro 8 mil milhões de despesas cortadas no Catroga.

Passos Coelho conta comigo!

Quem foi o idiota que abriu esta página no Facebook?

Deve andar aos tiros nas pernas, que pés já não tem de certeza absoluta.

Croniquetas de Maputo: as novas igrejas evangélicas

O novo Cenáculo da Fé da IURD, em Maputo, é um monumento ao seu próprio poder e megalomania, mas também um testemunho da sua implantação no país. Um pouco por todo o lado, especialmente nos bairros periféricos mais pobres, encontramos novas igrejas evangélicas tentando conquistar fiéis e seguidores. Há-as funcionando em barracas precárias, em antigas lojas de comércio, em pavilhões industriais readaptados, construídas de raiz, há-as de todas as cores e com todos os nomes.

Durante uma viagem de autocarro deparei com uma tabuleta que dizia “Centro de Interpretação Bíblica Deus Dorme Acordado”, o que constitui, por si só, um belo resumo de uma interessante interpretação.

Aconteceu-me, uma tarde de sábado, passar umas horas em confraternização com amigos num bairro popular, reunidos em volta de uma caldeirada de cabrito. Só em dado momento, quando começou a cerimónia, me apercebi de que mesmo em frente, do outro lado da rua, num barracão branco e comprido coberto a chapas de zinco, havia uma igreja evangélica. Se o som natural dos fiéis era já bastante audível, o som electrificado do pastor, amplificado por umas colunas em distorção, atravessava as chapas de zinco fazendo-as vibrar também e inundava as redondezas de gritos e convulsões, renegações veementes do pecado e lutas titânicas com o diabo – quem és tu? és belzebu? és o chifrudo? és satanás? Quem és tu? Sai, ordeno-te que saias, sai, sai – terminadas com a expulsão deste e com a multidão gritando – sai, sai, sai. [Read more…]

Completamente de acordo

publico_rui_tarvares_2013-03-13
(clicar para ampliar)

Tivesse eu arte e o mesmo teria escrito. Não esquecer de ler também o Joaquim.

Entremezes à porta do albergue

O da canadiana, que ainda é novo mas tem os dias contados, espicaça o velhote:

– Ó Sousa, sabias que agora vai haver sexo grátis para a terceira idade? É a segurança social que oferece.

E o outro –  que lhe importa que seja mentira? – ri-se todo e esfrega a cara com as mãos, de vergonha, porque vai uma mulher a passar.

– Quem dera, quem dera. Até votava nestes gajos.

Acenam os dois com a cabeça e os sorrisos apagam-se devagarinho, ainda os acompanham pela rua abaixo.

Assim se anima e aguenta o melhor povo do mundo.

Uma Luz Cívica ao Fundo do Túnel Político

E pronto, chegados a 12 de Março, nasce-me a única esperança digna desse nome no que à transformação urgente do Sistema Político Português diz respeito. Não importa que eu vote CDS ou BE, não importa, nunca importou, o que o Presidente da República viesse dizer, interrompendo o seu letargo de velho funcionário político prudentíssimo, segundo uns, acovardado, segundo outros; não importa ainda o que a morta social democracia dentro do PSD ou a falecida democracia cristã que havia no CDS ousem perorar só agora, saídas da tumba. Esperei por elas e defraudaram-me. Hostilizadas pela nova lei da selva na economia, desvaneceram-se. A Europa, na verdade, já não é região recomendável para a tradução renovada de um pensamento cristão da política. No entanto, há esperança. A rua semeou um princípio de mudança no Anquilosado Sistema Político Português, cujo bloqueio à cidadania vem sendo todo um tratado de opacidade e traição.

O principal fruto da rua parece desenhar-se e é este, [Read more…]

Miséria de portas abertas

na casa de
Não vi esta exposição quando ela esteve na Fnac, em 2011. Nem na Fnac nem em lado nenhum. Desconhecia-a totalmente.

Desconhecia-a até um dia desta semana em que lia a CAIS #180 de Janeiro e Fevereiro, comprada a um idoso sem dentes numa das muitas ruas da baixa do Porto.

Subitamente, de rompante, sem pedir licença, ela entra-me pelos olhos dentro, pela casa dentro. No conforto da minha casa, vejo o imenso desconforto de outras. Vejo a miséria encoberta, a tristeza envergonhada, a desesperança de um povo que vive cada vez pior.

Talvez cada vez mais pessoas tenham que chamar lar a tugúrios destes, não sei. Não conheço números. Não ligo a números. Fui sempre muito mais de letras. Gosto dos nomes das pessoas, gosto de ver as pessoas como únicas, indivíduos todos insignificantes e todos tão importantes à sua maneira. [Read more…]

Agora, agora, tu tens cavalo na comida…

Regresso ao Futuro, já

regresso ao futuro Encontrado somewhere no facebook

Calma

ring-necked20dove20sitting20on20eggO Espírito Santo já pôs o ovo. Agora é só chocá-lo e sai um Papa

Harry’s Horse

harry's horse
É a Pippa, não é?

Quando o director-geral é amigo do ministro, fica dispensado de cumprir a lei?

Santana Castilho *

A última manifestação, de 2 de Março, expôs, na rua, o isolamento do Governo. Gaspar e Passos são hoje figuras grotescas, que a maioria dos portugueses detesta. Arrogando-se de uma infalibilidade destroçada pelo incumprimento sistemático de todas as previsões e de todas as metas a que se propuseram, custasse o que custasse, comportam-se como autistas políticos e sociais. São colaboracionistas perfeitos, porque estão sempre mais à frente que as exigências dos ocupantes, convencidos de uma inevitabilidade que vai juncando o seu caminho de vidas destroçadas. Este caldo de cultura política insensata propala-se, como mal endémico, aos “ajudantes” e, destes, às terceiras, quartas e a todas as linhas da penúria administrativa e burocrática que gera. Segue-se a permissão clássica para os fiéis calcarem a lei e transformarem o Estado de direito no Estado dos amigos. Façam o favor de visitar dois exemplos, que medram no condado de Crato, com perfeito e cabal conhecimento de destacados cortesãos: [Read more…]

Alvin Lee 1944-2013

Só o melhor solo de R&B para sempre. By helicopter.

13M – Mais um dia de luta (II)

myriam z

Hoje será também um dia de luta para Myriam Zaluar que será presente a tribunal por «alegada desobediência qualificada. Terei “convocado uma manifestação não autorizada” à porta de um centro de emprego, manifestação à qual compareceram “cerca de” quatro pessoas. Os factos decorreram há precisamente um ano. No final deste mês fará quatro anos e meio que aguardo por uma decisão do Tribunal de Família em relação à pensão de alimentos dos meus filhos, de 15 e 7 anos.»

Às 11 horas, no Tribunal de Pequena Instância Criminal de Lisboa (Campus de justiça de Parque das Nações), para quem a quiser apoiar.

A justiça é célere no que toca a resolver assuntos realmente importantes, embora também se esqueça de cumprir os seus deveres.

13M – Mais um dia de luta

 

13m

Desta vez, estudantil. Associações de estudantes confirmadas para mais uma maré viva:

[Read more…]