Um partido de banqueiros

Depois de ter criado o  BPN, o PSD vai criar um banco de fomento. Déjà vu?

Comments


  1. Espero que não… Esta é uma medida muito positiva e necessária. Foi anunciada em Outubro de 2012:

    Governo confirma estar a preparar novo banco de fomento em Portugal Cache

    • Data: 2012-10-12 12:57
    • Fonte: Público
    • Autor: Lusa, Público
    O Ministério das Finanças confirmou esta sexta-feira à Lusa que está desde Agosto a trabalhar na criação de um banco de fomento para “melhorar o financiamento da economia e das empresas”. A Lusa questionou o Ministério das Finanças depois de o presidente do Conselho Económico e Social (CES), José Silva Peneda, que integra o grupo de trabalho entretanto criado, ter adiantado que se está a trabalhar neste projecto.

    Sendo que, os suspeitos do costume fizeram tudo o que puderam para atrasar o processo:

    Banqueiros rejeitam criação de um banco de Fomento Cache

    • Data: 2012-11-06 13:22
    • Fonte: TVI 24
    • Autor: Redacção / Cps
    Líder dizem que atuais instituições já fazem esse papel Os principais banqueiros portugueses mostraram-se esta terça-feira contra a possível criação de um banco de Fomento porque as atuais instituições já fazem esse papel. Ricardo Salgado, presidente executivo do BES, que falava no X Fórum da Banca promovido pelo Diário Económico, disse não conseguir perceber porque haverá um «banco de Fomento que vá para o mercado captar recursos e recursos esses que têm à partida um nível muito elevado para fazer algo mais pela economia».

    Digo mais, o Álvaro ter anunciado isto não quer dizer grande coisa, vamos esperar que esteja a funcionar…


    • Entregar dinheiro a ladrões é uma medida muito positiva e necessária?

      É pois muito positivo e necessário recompensar os criminosos pelos seus crimes, é assim mesmo… estamos no pelotão da frente.


      • Que diabo está a dizer? Um banco de fomento com directivas claras para alimentar a economia é sem dúvida necessário dado que temos o sistema financeiro paralisado.

    • jorge (fliscorno) says:

      A parte que me faz confusão é já termos um banco público que pode fazer isso. Porquê mais um banco público?

      Claro que a banca privada quis/quer bloquear a iniciativa. Tal como o faria se este papel fosse desempenhado pela CGD. É lucro que não fazem.


      • Não conheço os motivos do governo. No entanto a a CGD tem os mesmos vícios dos outros bancos, só isso seria um bom motivo para criar uma estrutura à parte. Outro bom motivo é pensar já na futura privatização deste banco, a coisa fica muito mais fácil de fazer se for separado da CGD.


  2. Mais um Banco público para mais golpadas . A maior parte dos portugueses não vai benefciar nada deste Banco que será só
    para mais alguns .
    A maior parte parte dos empresários não vai beneficiar e quem beneficiará serão os golpistas do costume e seus amigalhaços .
    A maior parte de nós nem ao Microcrédito conseguirá chegar , mesmo que tenhamos ideias válidas , perfeitamente concretizá´-
    veis , viáveis e rentáveis , porque se não houver luvas e outros esquemas de compadrio , nada será resolúvel , porque sem luvas
    o melhor negócio do mundo é sempre inviável .
    Muitas histórias sobre isto poderia contar ,que um dia irei relatar.
    Os Bancos são piores que tubarões .

Deixar uma resposta