Inaugure-se a Alameda Helena Matos!

No Blasfémias não se trabalha ao Domingo. É pecado. E quando um ou outro, por motivos imperativos e (a)patrióticos tem de defender o Coelho no santo dia, sente-se obrigado a cumprir os sacramentos da hóstia consagrada e da confissão. O blasfemo bloguer vai à Igreja de S. Roque para a sagrada penitência.

Cumprido o dever, de alma purificada e enfunada de sublime felicidade, dirige-se de seguida à Brasileira do Chiado, nas proximidades, olha com desdém para a estátua do Pessoa e bate-se com o café e o bolinho.

Por força do condicionamento da regra da publicação ou das normas de expiação, a inauguração da Avenida Álvaro Cunhal, por António Costa, ontem Sábado, favoreceu Helena Matos que, assim, não cometeu qualquer transgressão ‘blogueriana’. No tempo regulamentar, pôde fazer a defesa da abertura de uma Avenida António Oliveira Salazar em Lisboa. Justamente porque, alega a comediante, o que António Costa disse de Cunhal pode dizer-se ipsis verbis de Salazar.

Juro não ser comunista nem anti-comunista, mas sim anti-salazarista desde que tomei consciência de como a sociedade estava organizada à minha volta e, sobretudo, da ideologia e estruturas do Estado Novo, com a PIDE a ceifar liberdades fundamentais e prender indiscriminadamente ou sob as ordens do Tribunal Plenário.

Conseguir fazer equivaler o déspota que mandava aprisionar sem dó nem piedade a prisioneiros vítimas de tamanha prepotência, ou seja, Salazar a Cunhal no caso, é mais uma ideia brilhante e profunda saída da cabeça da Matos. Como nunca me tinha ocorrido tal coisa até hoje? E certamente a muitos mais também não.

Na qualidade de munícipe lisboeta desde o nascimento, vou reclamar ao presidente da CML que seleccione e inaugure com celeridade uma via à altura, que passará a chamar-se Alameda Helena Matos e que se cruze com a futura Avenida António Oliveira Salazar. Será a mais célebre obra topográfica da capital,  desde sempre.

Comments

  1. Observador says:

    Muito bem. Gostei pela oportunidade do momento e porque assim se fará justiça a quem ataca a esquerda a esmo e defende a direita a torto e a direito. Também tem o seu direito. Merece uma Alameda, pelo menos.

  2. portugal says:

    A falta de honestidade e de carácter desta direita populista que hoje nos governa, é paradigmática.
    Esta gente nunca digeriu nem democracia, nem direitos para quem trabalha, nem, sobre tudo, diminuição do fosso que nos separa deles.
    Para quê ser rico se temos que gramar “esta gente” na estrada, nos teatros, nos restaurantes e até em são Carlos?
    Antigamente é que era bom, os pobres andavam a pé ou montavam uma Famel a 40 à hora, não sabiam ler nem escrever e limpavam as nossas retretes sem horários de trabalho nem ordenado certo.
    Agora, é o que se vê, só reclamar, fazer greves, parar tudo… e respondões ainda por cima. Já uma pessoa não pode viver descansada.
    Só faltava mesmo termos que morar na Av. 25 de Abril ou na Alameda Álvaro Cunhal. Eu, que até dou a volta pela ponte Marechal Carmona só para não passar na 25 de Abril…
    Já nem no estrangeiro andamos descansados. Qualquer operário vai a Paris. E nem precisa pagar hotel, enquanto que nós…
    ah, mas isto está a mudar, tem que mudar !
    Chega de pouca vergonha ! E se não pudermos contar com os portugueses, felizmente há o Sr. Dr. Barroso em Bruxelas.
    Não mas julgam que isto é o quê ?

    • Hugo says:

      Eu sou de direita e não sou rico. Nem toda a gente de direita é rica. Além disso como se acusa a direita de ser populista e logo a seguir se diz que a direita quer prejudicar o povo. Não faz sentido. Sem prejuízo de tudo isto, a opinião da Helena Matos – direito consagrado pela Constituição – não me parece razoável. Salazar, como qualquer outro estadista, fez coisas boas e coisas más, mas a avaliação dos seus anos de governo é claramente negativa e por isto – e só por isto – creio que não faz sentido atribuir-se-lhe uma avenida, rua ou beco. O que não quer dizer porém que a sua memória deva ser esquecida ou menosprezada. Bem pelo contrário. Devemos lembrar para que Estados Novos nunca mais se repitam. No entanto, não é isso que vejo acontecer, sobretudo quando vejo comparações a serem feitas entre este governo democraticamente eleito e os governos da ditadura.


      • Oh Hugo abre a pestana pá. Não vês idosos a morrer? Pobres a morrer? Não vês a privatizarem tudo para destruir o estado social? Não vês nada à frente dos olhos?

  3. adelinoferreira says:

    A Helena anda na vida…a tentar ser secretariavel!

  4. dora fonte says:

    De facto!! Concordo com tudo. Essa Helena, não existe.

  5. A. Santos says:

    Dora Fonte:
    Infelizmente a tontinha Matos existe.

  6. nascimento says:

    É bom haver memória.Foi a esquerda que deu voz a esta merdosa.Perguntem à gaga que tinha um programa na rtp2 há uns anos…estais lembrados?,Maria Joao Seixas.aguenta…

  7. A. Santos says:

    nascimento:
    Os caminhos do futuro de qualquer um são insondáveis.
    Como se pode adivinhar as cambalhotas que qualquer um pode dar, sejam para a Esquerda sejam para a Direita.
    Se souber como se faz isso venda a patente.
    Passará a ser mais um milionário sem precisar de dar uma palmada do tipo BPP ou BPN.

    • nascimento says:

      Sabes uma coisa…..sou como o Zeca.Nao jogo!!?Mas cheiro– lhes os cus…..a linda “esquerda” é uma merda…e tinha muito para lhe ensinar…..estou farto. de “Camaradas”….

    • nascimento says:

      Quanto a ti ….nem s patente…

  8. uniaonacional says:

    não sei porquê desdenhar do Pessoa , um anti-comunista convicto , quanto à av. outros virão que lhe mudarão o nome , é uma questão do tempo suficiente passar .

    • portugal says:

      escolheu mal porque o PESSOA era sobre tudo anti-salazarista convicto.
      Anti-comunista talvez, mas nunca escreveu nada sobre o assunto.
      Já sobre o Salazar sim

      Proj-logo
      Arquivo Pessoa
      Obra Aberta
      OBRA ÉDITA · FACSIMILE · INFO
      pdf
      Fernando Pessoa
      ANTÓNIO DE OLIVEIRA SALAZAR

      ANTÓNIO DE OLIVEIRA SALAZAR

      António de Oliveira Salazar.

      Três nomes em sequência regular…

      António é António.

      Oliveira é uma árvore.

      Salazar é só apelido.

      Até aí está bem.

      O que não faz sentido

      É o sentido que tudo isto tem.

      ……

      Este senhor Salazar

      É feito de sal e azar.

      Se um dia chove,

      A água dissolve

      O sal,

      E sob o céu

      Pica só azar, é natural.

      Oh, c’os diabos!

      Parece que já choveu…

      ……

      Coitadinho

      do tiraninho!

      Não bebe vinho.

      Nem sequer sozinho…

      Bebe a verdade

      E a liberdade.

      E com tal agrado

      Que já começam

      A escassear no mercado.

      Coitadinho

      Do tiraninho!

      O meu vizinho

      Está na Guiné

      E o meu padrinho

      No Limoeiro

      Aqui ao pé.

      Mas ninguém sabe porquê.

      Mas enfim é

      Certo e certeiro

      Que isto consola

      E nos dá fé.

      Que o coitadinho

      Do tiraninho

      Não bebe vinho,

      Nem até

      Café.

      • Carlos Fonseca says:

        Devo esclarecer que, no texto, ‘desdenhar Pessoa’ não deve ser interpretado em sentido literal, mas como a imagem da personalização da inteligência.
        E Lisboa, tal como eu, não era nem comunista nem anti-comunista.

      • uniaonacional says:

        sim é verdade que escreveu isso , também é verdade outras coisas , Pessoa escrevia muito bem e também é conhecido por outra proeza , depois era astrologo e maçon e sabem que sendo maçon pertencia a uma seita meio que secreta , ora se sabem um pouco de historia nacional e não dessa internacionalista , sabem em que data Pessoa escreve isso e o que se passa no país , depois é só verem se ele terá razão ou não , mas uma coisa é certa , se há algo que ele era é anti-comunista , talvez traga aqui algo escrito por ele ou não , logo se vê , mas qual o espanto ? por acaso não sabem em que altura Pessoa vive ? o contrario é que seria anormal !

    • nascimento says:

      Sabes. um rapazinho como tu, lavadinho todo nu,não desgosto até gosto…..ia-te. ao cu e. dava-te conselhos….meu facho filho da puta.

      • uniaonacional says:

        pois paneleirões não gosto , vais ter mesmo de falar com o teu paizinho , já a tua mãe … já agora diz lá o que é um facho ? claro se souberes, é que aposto que nada sabes , apenas frases ouvidas e repetidas ! enfim! normalmente quem nada tem para dizer faz uso dessas tretas por se achar que tem alguma moral e para tentar que a matilha se junte , claro que se fores um puto badameco tá explicado !

        • portugal says:

          não há um moderador que elimine os post deste fulano mal-criado ?

          • uniaonacional says:

            engraçado com o do nascimento já não houve azia ! esse sim que foi mal -criado , não eu que apenas tive necessidade de responder , mas haja moral e censure-se ambos , assim sim , agora não é ofender os outros e depois aqui del-rei que tiveram a ousadia de responder

  9. A. Santos says:

    iniaonacional:
    E tu também gostarias de mudar de nome, para vivo.
    Mas felizmente estás morto.

  10. nascimento says:

    Este poste é para o filho da puta que assina Dr “uniãonacional….andas-te escondido estes anos todos e agora já metes os cornos de fora….pensas que estás safo….nos dias que correm?irei à tua procura….

    • uniaonacional says:

      pois pois ! enfim nada tens para dizer ! então o que é um facho ? diz lá a malta ou não sabes mais frases ?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.